Deputado bolsonarista bate na esposa após brigar com o sogro por “divergências partidárias”

Em nota, Daniel Freitas (PSL-SC), nega ter agredido fisicamente a esposa, mas afirma que brigou com o sogro, um "homem honrado e de bem", e já teria pedido desculpas a ele

Daniel Freitas, com Bolsonaro e Sergio Moro (Reprodução)

O deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), um dos apoiadores de Jair Bolsonaro no Congresso, é acusado pela esposa de ter sido agredida fisicamente pelo parlamentar. A mulher registrou boletim de ocorrência sobre a agressão durante o final de semana na delegacia de Balneário Rincão, cidade localizada a cerca de 25 quilômetros de Criciúma, onde mora a família, no sul de Santa Catarina.

Em nota, o deputado afirma que “em momento nenhum agrediu fisicamente sua esposa”, mas ressalta que discutiu com a mulher após ter brigado por divergências políticas com o sogro.

“O fato deu-se por motivações políticas entre ele e seu sogro, relacionadas a divergências partidárias, e que durante uma discussão os dois (deputado e seu sogro) entraram em vias de fato, resultando na intervenção de sua esposa no ocorrido, na tentativa de acalmar as partes”, diz a nota.

Freitas, no entanto, ressalta que o sogro é um “homem honrado e de bem” e já teria pedido desculpas a ele.

“O parlamentar enfatiza, ainda que, a situação foi ocasionada pelo calor do momento, eles mantêm uma ótima relação, ressaltando que seu sogro é um homem honrado e de bem; inclusive já conversaram e, através de um pedido sincero de desculpas ao seu sogro e sua esposa, voltaram a se entender”.

Com informações do portal G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.