Brasil

M.Officer pode ser banida de São Paulo por exploração de trabalho escravo

Ministério Público do Trabalho pede que inscrição estadual da empresa seja cassada, o que a…

Desesconder o Ministério da Cultura

“Já tive a oportunidade de apontar aqui na coluna e em outros artigos que parte…

Movimentos sociais criticam processo contra ativistas no Rio

Por Vinícius Lisboa.* Representantes de movimentos sociais condenaram hoje (24) o processo contra 23 ativistas…

Carta aberta à Presidente Dilma – Massacre em Gaza

Fim imediato do massacre israelense em Gaza: cessar fogo já! Porto Alegre, 24 de julho…

1500 pessoas participaram de Encontro da Agricultura Familiar de Santa Catarina

Na oportunidade entidades foram homenageadas pelo envolvimento com a luta dos agricultores familiares, entre elas…

Brasil cairia 16 posições em IDH com cálculo de desigualdade

Segundo dados divulgados hoje (24/07) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o…

África

Editorial

Florianópolis, 21 de julho de 2014.

O sentimento humano, a necessidade de divulgar e formar parte das redes humanitárias em favor da Paz nos pautam os dias presentes. O jornalismo desumanizado que desfigura as informações sobre o terror que impõe um Estado artificial e ocupante, fala de guerra, mente. Sabe que presenciamos um genocídio.

Há notícias importantes no Brasil. Há um processo eleitoral em curso, comissões da verdade abrindo os porões escuros da ditadura, debates por uma nova constituinte, perseguição aos ativistas por parte do exército e continuação do trato inumano contra os indígenas, as mulheres pobres e os negros. Há isso tudo; o contemplamos a diário. Mas, há momentos determinantes para a civilização e para a Terra. Esse momento se desenvolve na Palestina.

Mais de 500 pessoas foram assassinadas pelo exército de Israel até o momento de fazermos este editorial. Mais de 10% dos assassinados são crianças. Mobilizam-se as pessoas nas cidades mais importantes do Mundo.

Os líderes calculam suas declarações procurando raciocinar entre a realidade monstruosa e os malditos negócios de Estado. A mídia monopólica procura disfarçar o massacre genocida com eufemismos. Procura equiparar contendores, como se houvesse igualdade entre os precários foguetes de Hamas e um exército com armas nucleares ao qual ninguém lhe incauta suas bombas. Os embaixadores e cônsules de Israel exercem sua pressão em cima dos veículos de comunicação global e as empresas sionistas cumprem seu papel determinante na lógica dos meios.

Resta à verdade do que acontece na Palestina, a imprensa progressista, militante, humanitária e os jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos das agências e meios monopólicos capazes de arriscar seus empregos.

A ‘Pauta Palestina’ tem que predominar nas nossas redações até que, um dia, a civilização se libere do jugo da violência que propõem o imperialismo, o capitalismo, privado e o sionismo-nazista. A esse dever nos entregamos com dor e paixão militante.

Post to Twitter Post to Facebook

Desacato Passa Revista

 

 

 

 

Nossa América

Mário Pereira, o Quixote das Letras

Por Fernando Evangelista*, para Desacato.info. Mário Pereira, grande contador de histórias, solitário Quixote das letras, inimigo da insensatez e da ignorância, escritor lírico e indignado, professor dos professores, amigo de São Francisco de Assis e de Ernest Hemingway, amante do Central Park e dos jardins de Florianópolis, conhecedor das coisas simples e das almas complicadas,…

A solidariedade à Palestina continua

Por Tali Feld Gleiser, para Desacato.info. A indignação mundial não cessa diante do massacre em Gaza. A Cisjordânia Ocupada também se levanta em solidariedade com seus conterrâneos, embora isso não apareça na mídia. Só no dia de hoje, última sexta-feira do Ramadã, houve três mortos na cidade de Beit Ommar, onde estive até faz poucos…

A solidariedade à Palestina continua

Por Tali Feld Gleiser, para Desacato.info. A indignação mundial não cessa diante do massacre em Gaza. A Cisjordânia Ocupada também se levanta em solidariedade com seus conterrâneos, embora isso não apareça na mídia. Só no dia de hoje, última sexta-feira do Ramadã, houve três mortos na cidade de Beit Ommar, onde estive até faz poucos…

A solidariedade à Palestina continua

Por Tali Feld Gleiser, para Desacato.info. A indignação mundial não cessa diante do massacre em Gaza. A Cisjordânia Ocupada também se levanta em solidariedade com seus conterrâneos, embora isso não apareça na mídia. Só no dia de hoje, última sexta-feira do Ramadã, houve três mortos na cidade de Beit Ommar, onde estive até faz poucos…

A solidariedade à Palestina continua

Por Tali Feld Gleiser, para Desacato.info. A indignação mundial não cessa diante do massacre em Gaza. A Cisjordânia Ocupada também se levanta em solidariedade com seus conterrâneos, embora isso não apareça na mídia. Só no dia de hoje, última sexta-feira do Ramadã, houve três mortos na cidade de Beit Ommar, onde estive até faz poucos…

Mundo

Floripa solidária com Gaza

A solidariedade à Palestina continua

Por Tali Feld Gleiser, para Desacato.info. A indignação mundial não cessa diante do massacre em…

O Pico do Petróleo na Grã-Bretanha

Por José Eustáquio Diniz Alves. [EcoDebate] O pico da produção de petróleo e gás na…

Venezuela doa medicamentos para hospitais de Gaza

AP El gobierno de Venezuela donará medicamentos para curar a las víctimas de los bombardeos…

Leitura Crítica

Imprensa renova instrumentos da ditadura

Por Cátia Guimarães, jornalista Passaram-se mais de 20 anos, mas a grande imprensa brasileira não…

Aumenta desvalorização e violência contra os povos indígenas no Brasil

Por Marcela Belchior. Fonte: CIMI. Um contexto profundamente desfavorável aos direitos dos povos indígenas, com…

Política Nacional de Participação Social: um amparo à consolidação da democracia

Por Thiago Burckhart. No mês de maio foi instituída por meio do Decreto n. 8.243/14…

Massacre palestino: desinformação e manipulação ideológica

“Ao procurar informação no seu principal veículo, o distinto telespectador vai encontrar um pacote pronto de (des) informação, embalado por um luminoso halo de manipulação ideológica, sem mais delongas” Por Samuel Lima.* A televisão aberta continua sendo a principal fonte…

Cultura

Twitter