Brasil

Zeca Baleiro declara apoio à reeleição de Dilma

O cantor e compositor Zeca Baleiro declarou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).…

Leilão de fontes alternativas de energia é marcado para abril de 2015

Por Sabrina Craide O governo vai realizar no dia 10 de abril de 2015 um…

Eleições 2014: Congresso Nacional permanecerá desigual nos próximos 4 anos

Os resultados do 1º turno das Eleições 2014 demonstram que o Brasil não avançou na…

Dep. federal Protógenes Queiroz faz sérias denúncias sobre possível fraude nas urnas eletrônicas de SP.

Ex-delegado e atual deputado federal Protógenes Queiroz acaba de fazer uma denúncia gravíssima. Segundo o…

O que se tem de dado real sobre intenção de voto para o 2º turno

Por Rudá Ricci, sociólogo e direitor da ONG Cultiva Nós últimos três dias, nossa equipe…

Contrariando resolução nacional, PM fala em deportação de bolivianos libertados de trabalho escravo

Por Stefano Wrobleski Após a libertação de quinze bolivianos que trabalhavam como escravos em uma…

África

Editorial

Florianópolis, 19 de outubro de 2014.

Que tarefa nos espera a partir do dia 27 de outubro?  Que Brasil resta da polarização eleitoral do sistema democrático representativo? A votação refletirá o pensamento da população ou será a resultante dos monopólios da comunicação? Vencerá o trabalhador que produz a riqueza o vencerá a destreza marqueteira? Voltará o inverno de 2013 no verão 2014/2015?

Milhares de perguntas podemos nos fazer a partir do apito final das eleições 2014. Algumas respostas negativas estão dadas. A composição avançadamente retrógrada, despreparada, empresarial, fundamentalista, apátrida, que ocupará o Congresso Nacional diz bastante sobre o que há para se fazer. O congresso brasileiro segue a onda conservadora que estampam gratuitamente as capas dos jornais.

Não adianta que setores da esquerda reivindiquem alguma vitória aqui, um crescimento eleitoral lá. Os grupos conservadores, até com requintes fascistas, cresceram no Brasil e ganharam a eleição parlamentar. É no legislativo onde se fabricam projetos que destroem o tecido social, cristalizados nos tribunais de injustiça de selo monárquico e hereditário que não derrotou a democracia representativa. Cômicos, atletas, pastores enfurecidos e católicos recalcitrantes, militares fortalecidos; isso tudo deverá resistir o Povo mais pobre. A classe média meia-boca continuará consumindo até o endividamento atroz e retornará tardiamente à realidade.

Será a sociedade consciente e mobilizada, seja qual for o resultado do dia 26, que deverá construir outro Brasil, com uma Reforma Política profunda, que livre o maior país da Nossa América Latina e Caribenha do levantamento de um subimpério a domicílio que destrua a construção que vem fazendo, com doação de vidas e ideias, boa parte da região.

Há tarefa a partir do dia 27 é o grande desafio histórico: derrotar o imperialismo, o capitalismo e as oligarquias que os representam, acabar com as fábricas transnacionais da miséria e da morte.

Post to Twitter Post to Facebook

Desacato Passa Revista

 

 

 

 

Nossa América

Na Cisjordânia, o espectro da Intifada

Ao bombardear Gaza por cinquenta dias, os israelenses provocaram estragos sem equivalentes desde 1967, com mais de 2 mil mortos, dos quais 500 crianças. Ao mesmo tempo, na Cisjordânia, a Autoridade Palestina mantém a cooperação em segurança com o exército de ocupação, apesar da ausência de Estado de verdade. Por Olivier Pironet. Ao chegar a…

Países da ALBA acordam ações para enfrentar ebola

Havana, 20 out (Prensa Latina) Os países da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) acordaram hoje em uma Cimeira Extraordinária ações para preparação e enfrentamento da epidemia de ebola. A seguir, a Prensa Latina transmite o texto integral da declaração da Cimeira Extraordinária da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América: Havana,…

Países da ALBA acordam ações para enfrentar ebola

Havana, 20 out (Prensa Latina) Os países da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) acordaram hoje em uma Cimeira Extraordinária ações para preparação e enfrentamento da epidemia de ebola. A seguir, a Prensa Latina transmite o texto integral da declaração da Cimeira Extraordinária da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América: Havana,…

Países da ALBA acordam ações para enfrentar ebola

Havana, 20 out (Prensa Latina) Os países da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) acordaram hoje em uma Cimeira Extraordinária ações para preparação e enfrentamento da epidemia de ebola. A seguir, a Prensa Latina transmite o texto integral da declaração da Cimeira Extraordinária da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América: Havana,…

Países da ALBA acordam ações para enfrentar ebola

Havana, 20 out (Prensa Latina) Os países da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) acordaram hoje em uma Cimeira Extraordinária ações para preparação e enfrentamento da epidemia de ebola. A seguir, a Prensa Latina transmite o texto integral da declaração da Cimeira Extraordinária da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América: Havana,…

Mundo

NY Times: a impressionante atuação de Cuba contra o ebola

Por Vinicius Gomes. Editorial do New York Times desse domingo (19) destaca que o envio de profissionais médicos…

Pobres sofrerão mais com mudança climática, diz IPCC

Por  Daniela Chiaretti, publicada pelo jornal Valor Durante este século, o impacto da mudança climática pode…

Relatório Global de Riqueza de 2014: O 1% dos mais ricos detém a metade da riqueza mundial.

 O grupo que compõe o 1% mais rico da população mundial está ficando mais rico…

Leitura Crítica

O levante conservador

Por Thiago Burckhart. O resultado do primeiro turno das eleições mostram o crescimento de uma…

Sem nossa mídia estamos perdidos

Por Vito Giannotti A grande lição desta eleição, para mim, é a necessidade de nós,…

Reich tropical: onda fascista no Brasil

 Por Rosana Pinheiro-Machado.  CartaCapital  A história do início do século 21 parece repetir a do…

Com Lula e Dilma, o Brasil está virando um país de classe média

A maioria dos eleitores e eleitoras se acostumou a pensar no Brasil como um país pobre, já que de fato o foi por séculos; isso está mudando, e é essa transformação do Brasil em um país de classe média que…

Cultura