Trabalhadores da Cidasc e da Epagri iniciam greve

Greve SindsaspiPor Sílvia Agostini.

Trabalhadores da Cidasc e da Epagri iniciam greve por tempo indeterminado a partir de 19 de agosto para cobrar que as empresas e a Secretaria de Agricultura e da Pesca aceitem as reivindicações propostas para o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016. No dia de hoje (18), iniciaram a mobilização com paralisação de uma hora nos locais de trabalho.

O aviso de greve foi protocolado nas duas empresas pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Assessoramento, Perícia, Pesquisa e Informação de SC (Sindaspi) no último dia 14. Os trabalhadores estão em Estado de Greve desde junho.

Descaso e desvalorização com a categoria

Os ACTs entre as empresas e o Sindaspi-SC deveria ser fechado até abril, no entanto os trabalhadores não aceitam retirar cláusulas de direitos já garantidos pela Justiça do Trabalho de SC, como a que muda a base de cálculo do valor referente à insalubridade pago aos barreiristas nos corredores sanitários, aos laboratoristas e aos operários de campo. Antes o valor era baseado no salário mínimo, mas a Sentença Normativa em 2014 concedida pela JT determinou que o indexador seja o salário fixo do trabalhador. Outras reivindicações dos trabalhadores negadas pelas empresas e pelo Secretário Adjunto de Agricultura e da Pesca, Airton Spies, são a reposição de 10% nos salários, visando amenizar as perdas de 40% acumuladas nos últimos 20 anos de Plano Real; vale alimentação em R$34. Outro ponto de impasse que as empresa querem incluir o o banco de horas já extinto na Sentença Normativa de 2014, bem como cláusula sobre um plano de cargos até então desconhecido pela categoria e Sindicato.

Na quinta-feira, 13, coordenadores do Sindicato reuniram-se com o Secretário Moacir Sopelsa, até então fora das negociações, que se comprometeu a tentar resolver a questão.

SC é o quinto maior produtor agrícola do País e 30% do PIB estadual é resultado do trabalho de extensão rural e defesa sanitária e agrícola exercido pelos funcionários da Cidasc e da Epagri, no entanto os salários recebidos não refletem a importância das suas atividades. Os representados pelo Sindaspi-SC nas empresas são 70% do quadro pessoal.

Audiências de Conciliação do Dissídio Coletivo acontece dia 19

Por conta do impasse, a exemplo de 2014, o Sindaspi ajuizou Dissídio Coletivo e as primeiras audiências de conciliação e instrução entre as empresas e Sindicato acontecem às 14h15 e 14h30, na quarta-feira, dia 19, na JT na Capital.

Trabalhadores fazem manifestação na Secretaria de Agricultura

Uma manifestação será realizada a partir das dez horas da manhã em frente à Secretaria de Agricultura com objetivo de chamar atenção do Governo quanto à falta de politica voltada aos trabalhadores.

Contato: 48-9664-1300 (com Silvia Agostini – Assessoria de imprensa) – [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.