Sobrinho de cantor Naldo Benny é morto pela PM no Complexo da Maré

Imagem: Reprodução Redes Sociais.

Um dos dois mortos da operação desta segunda-feira (25) no Complexo da Maré é Dênis Brito, sobrinho do cantor Naldo Benny.

A assessoria do funkeiro afirmou no início da madrugada desta terça-feira que ele foi baleado e morto na comunidade Vila dos Pinheiros.

“Naldo está profundamente abalado, pois era um sobrinho querido. Naldo está muito triste. E junto da mãe do Denis, sua irmã Soleide, Naldo sempre foi muito próximo a essa irmã. Ele amava o Denis. A família está completamente sem chão”, comunicou.

Recorde de mortes pela PM

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou, também nesta segunda-feira, as estatísticas da violência de 2019 até o mês de outubro e afirmou que a PM bateu recorde de mortos em ações.

Este ano, em 10 meses, 1.546 pessoas foram mortas pela polícia. O número, o maior da série histórica, já superou os registros dos 12 meses de 2018, quando foram 1.534 óbitos.

A contagem é feita desde 1998.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, cinco unidades da comunidade foram fechadas por conta do tiroteio: Clínica da Família Adib Jatene, Clínica da Família Diniz Batista, Clínica da Jeremias Moraes, Centro Municipal de Saúde Vila do João e Centro Municipal de Saúde Augusto Boal.

Ainda por causa da operação, 25 escolas da região tiveram o horário de funcionamento afetados, segundo a Secretaria Municipal de Educação.

Segundo a PM, dois suspeitos estavam armados com pistolas e foram baleados nos tiroteios.

A polícia não divulgou o nome dos suspeitos baleados e também não informou se Dênis Brito era um deles. Três suspeitos foram presos.

Eles foram socorridos e morreram no Hospital Federal de Bonsucesso.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.