Retrospectiva Semanal: O Blogueiro amor – Dicas de quarentena

Imagem de GraphicsSC por Pixabay.

Por Guigo Ribeiro.

O Blogueiro Amor se preparava para mais uma série de conselhos de quarentena. Descobriu no tempo um jeito de lucrar e levar uma mensagem positiva. Antes estava um tanto desanimado pela forte concorrência, todavia agora sorria pelo aumento nos ganhos. Lembrava com carinho os elogios por ser um visionário. Escreveu grande nas portas de casa: PENSE GRANDE! Assim o fez. Já com os recursos tecnológicos devidamente preparados, garantiu o penteado, nenhum resto de alimento nos dentes e sorriu para mais um dia e transmissão:

– Gente bonita, olá. Aqui quem vos fala é o Blogueiro Amor trazendo uma mensagem pra vocês nesse tempo. Me sigam, me enviem mensagens, deixe seu like e vamos juntos construir uma vida plena. Hoje trarei uma mensagem good vibes e quero perguntas, comentários. Lembrem-se! O seu destino é você quem escolhe. Se optar pela tristeza, ela vem. Sorria! Sorriam sempre! Sorriam, pois o amanhã quer muito te abraçar. Pra hoje, pensei que a quarentena é um presente da vida. Quantas vezes podemos pensar sobre nossos erros? Quantas vezes podemos nos olhar senão para a roupa bonita? Deus nos deu esse presente para crescermos como pessoa e empobrecermos os terapeutas. Esse tempo é uma dádiva. Xô, tristeza. Xô desanimo! Alegria, alegria, minha gente. Vou abrir pra questões. Deixa eu ver.

A transmissão contava com um número considerável de pessoas acompanhando e comentando. O Blogueiro Amor leu:

– Aqui pergunta do Jorge_Bonito2. Ele pergunta. “Blogueiro Amor, eu… eu sempre acompanhado suas lives. Me identifico com seu trabalho”. Obrigado, querido. “como faço para me manter bem desempregado? Tem sido muito duro!”… olha… Jo… Jó… perdi seu nome pensando. Jô… Jô… dinheiro é uma pedaço de papel. Que não traz felicidade. A gente vive pelo dinheiro o que é um erro. Olhou pra sua casa? Pra sua vida? A alegria de ter um teto? Se apegue nisso! Alegria, alegria! As pessoas entendem a vida pra fora, quando a vida, na verdade, tá pra dentro. Busque reflexão. Aqui a pergunta da Carol_24B e ela quer saber sobre as pessoas infectadas e o que fazer com esse sofrimento… olha, Cacá… não sofra! Lave as mãos, use máscara e pense que essas pessoas cumpriram sua missão na terra. Que essa doença é um ciclo pra renovação do eu. Deus abençoe essas famílias. Tenho de medo.

O Blogueiro Amor resolveu interromper a conversa para uma mensagem.

– Nos meus estudos sobre “Eusíntese” descobri a vastidão do nosso ser frente aos acasos cotidianos. Todos nós temos recursos sobre os problemas. A falta de grana, desemprego… nada disso é uma afetação. É se deixamos ser. Por isso entendi na “eusíntese”a potência do amor. Ame! Busque! Faça! Crie! Compartilhe! O imperativo do amor. Gosto, sobretudo, por ser uma linha de pensamento europeia. Os maiores pensadores que ensinam para o mundo como ser. Deixa eu falar com vocês. Pergunta do…

O Blogueiro Amor entendia a hora de encerrar. Queria ver séries.

– Do Jaja_17. Jaja_17 reclama da falta de estrutura dos políticos para abertura do emprego. E que a doença é bobagem. Querido, é isso. O mundo parou, mas não podia parar. Pense na vida, enquanto isso. Nosso líder quer, as pessoas não querem… é complicado. Mas pense no amor. O amor vai ter salvar. Bom… encerrando por hoje. Um beijo grande a todos. Muito amor. E lembrem-se que o que precisam, tá dentro de cada um. Fiquem bem. – encerrando a transmissão.

Desfez a conexão e sorriu feliz pelo recorde de visualizações. Orou com fé a sequência lucrativa da pandemia.

_

Guigo Ribeiro é ator, músico e escritor, autor do livro “O Dia e o Dia Que o Mundo Acabou”, disponível em Edfross.

A opinião do/a autor/a não necessariamente representa a opinião de Desacato.info.
#AOutraReflexão
#SomandoVozes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.