Quer saber como evitar e combater os agrotóxicos? 

Vem aí um grande evento em Curitiba, que vai reunir especialistas de todo o país em dois Seminários recheados de debates, palestras e muito conhecimento sobre:

Os efeitos dos agrotóxicos na saúde
Os impactos dos transgênicos
Contaminação de agrotóxicos na água
Meio Ambiente
Segurança alimentar
Agroecologia e outros sistemas de produção sem agrotóxicos
A erva-mate no Paraná e Santa Catarina como alternativa ao plantio de tabaco
Como funciona a regulação judicial de agrotóxicos no Brasil

E muito mais!

A inscrição é gratuita e em breve abriremos o link para inscrições!

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

II Seminário Internacional: Fortalecimento da agroecologia, consequências dos agrotóxicos à saúde humana e à natureza.

• DIA 13

14h – Abertura

14h30 – Produção Agroecológica no Paraná: Avanços, desafios e relatos

Jose Lemos Licheski – Coletivo Triunfo
Paulo Cesar Rodrigues Brizola – Assentamento do Contestado
Jose Marfil – Rede Ecovida
Jonas Aparecido de Souza – Associação Filhos da Terra

16h30 – Modelos de produção de alimentos e a saúde. Geografia do uso de agrotóxicos no Brasil e conexões com a União Européia.
Leonardo Melgarejo – Associação Brasileira de Agroecologia
Larissa Mies Bombardi – Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo

18h – Confraternização + atividade cultural

14h às 18h – Feira de produtos agroecológicos

• DIA 14

8h30 – A questão legal. Batalhas judiciais. Regulação dos agrotóxicos e transgênicos.

Carlos Matheu – Promotor de Córdoba, Argentina
Luis Claudio Meireles – Pesquisador da Fiocruz
Rubens Nodari – Professor da Universidade Federal de Santa Catarina

10h – Intervalo

10h15 – A questão legal. Batalhas judiciais. Regulação dos agrotóxicos e transgênicos.
Antônio Thomaz Junior – Professor da Universidade Estadual Paulista
Paulo Porto – Vereador em Cascavel – PR
Alexandre Gaio – Promotor de Justiça do Centro de Apoio das Promotorias de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente

12h15 – Debate

12h45 – Intervalo para almoço

14h00 – Movimentos Sociais de combate aos agrotóxicos
Pedro Serafim – Fórum Nacional de Combate aos Efeitos dos Agrotóxicos – MPT – Pernambuco
Margaret Matos de Carvalho – Fórum Estadual Contra o Uso dos Agrotóxicos – MPT – PR
Paulo de Oliveira Perna – Observatório do Uso de Agrotóxicos e Conseqüências para a Saúde Humana e Ambiental do Paraná / Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva da UFPR
Jakeline Pivato – Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida / Jornada de Agroecologia

16h30 – Intervalo
16h45 – Debate
17h30 – Atividade lúdica
18h00 – Encerramento

8h às 18h – Feira de produtos agroecológicos

• DIA 15

8h30 – Saúde e Ambiente – Pesquisas de efeitos à saúde e ao meio ambiente
Medárdo Ávila Vázquez – Professor da Universidade Nacional de Cordoba, Argentina
Wanderlei Pignati – professor da Universidade Federal do Mato Grosso

10h – Intervalo

10h15 – Saúde, Ambiente e Segurança Alimentar
Ada Cristina Pontes Aguiar – Universidade Federal do Cariri – Ceará
Raul Borges Guimarães – Professor da UNESP
Rubens José Mario Júnior – Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo

12h15 – Debate

12h45 – Intervalo para almoço

14h – Saúde, Ambiente e Segurança Alimentar
Elver Moronte – MPT-PR
Valma Martins – Professora da UTFPR
Maria Lucia Frizon – Professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Maria Tereza Gomes de Oliveira Ribas – professora da PUCPR / Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Paraná
Representante da Secretaria Estadual de Saúde
Paulo Costa Santana – Secretaria de Estado da Saúde do Paraná

16h – Debate

16h30 – Intervalo

16h45 – Encaminhamentos na luta contra os agrotóxicos

17h30 – Encerramento

8h às 17h – Feira de produtos agroecológicos

IV Seminário “Sistemas de produção tradicionais e agroecológicos de erva-mate”.

• DIA 14

8h30 – Sistemas tradicionais e agroecológicos de produção de erva-mate no Paraná e Santa Catarina: conceito, tipos, importância socioeconômica e ambiental

Francisco Paulo Chaimsohn – Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)
Anésio da Cunha Marques – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

9h30 – Valorização da erva-mate como alternativa ao cultivo e produção do tabaco e a outros sistemas de cultivo, intensivos no uso de agrotóxicos
Valdir Roque Dallabrida – Universidade do Contestado

10h30 – Intervalo

11h00 – Indicação Geográfica (IG) e Marca Coletiva (MC): aspectos conceituais e operacionais
Diego Ghedini Gheller – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

11h40 – Histórico do processo de construção da IG erva-mate no Paraná
Ednilson Pereira Gomes – Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)
Neuri Carneiro Machado – Secretaria da Agricultura e Abastecimento – (SEAB)
Andre Eduardo Biscaia de Lacerda – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

14h – Construção da IG em Santa Catarina
Gilberto Neppel – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI)

15h – Regionalização da Ovinocultura: O caso do Alto Camaquã
Marcos Borba – Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA)

15h40 – Proposta de construção da(s) Marca(s) Coletiva(s) “Erva-Mate Agroecológica”
Maria Izabel Radomski – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

16h20 – Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) em sistemas tradicionais e agroecológicos de erva-mate
Marilia Borgo – The Nature Conservancy Brasil

17h00 – Programa Municipal de Proteção de Nascentes de União da Vitória
Sidnei Cieslak – ex-Secretário Municipal do Meio Ambiente de União da Vitória

17h30 – Encerramento

• DIA 15
8h30 às 10h – Observatório da erva-mate produzida em sistemas tradicionais e agroecológicos
Francisco Paulo Chaimsohn – Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)

10h às 12h – Encaminhamentos: ações, cronograma, responsabilidades, etc.
Coordenação de professor João Luís Dremiski – Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Campus de Irati

Participe! Faça sua pré-inscrição pelo link: https://goo.gl/tQ6Bsx

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.