Plataforma operária e camponesa debate com a população aumento de preços

PLATAFORMA OPERÁRIA E CAMPONESA DA ÁGUA E ENERGIA REALIZA JORNADA DE PANFLETAGENS E DEBATES EM FLORIANÓPOLIS SOBRE O PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS, GÁS DE COZINHA E LUZ ELÉTRICA.

Neste acirrado momento político que a sociedade brasileira atravessa é fundamental que os movimentos sociais, partidos, sindicatos e organizações que se desafiam na tarefa de mobilizar grandes jornadas de luta da classe trabalhadora, sejam capazes de dialogar com a grande massa da população que vem sofrendo na pele as medidas infames implementadas a partir do golpe de 2016.

Os abusivos aumentos das tarifas dos combustíveis, gás de cozinha e luz elétrica, resultado da gestão entreguista do governo Temer para atender os interesses do capital internacional, está inapelavelmente piorando as condições de vida do povo brasileiro. O gás de cozinha, por exemplo, está cada vez mais caro: em 2014 a população pagava 45 reais por um botijão de gás e hoje com a Liquigás praticamente privatizada e obrigada a praticar os preços internacionais, o povo paga em média 90 reais por botijão.

Em razão disto, a Plataforma Operária e Camponesa de Energia e Água (POCAE), uma articulação entre o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), a Federação Única dos Petroleiros, os trabalhadores do setor elétrico (em SC representados pelo Sinergia-SC), a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), o Levante Popular da Juventude e outros movimentos envolvidos como o MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, realizou em Florianópolis na última semana uma Jornada de Panfletagens e Debates sobre o tema: “COMBUSTÍVEIS, GÁS DE COZINNHA E LUZ ELÉTRICA: POR QUE PAGAMOS TÃO CARO?”

Foram distribuídos aproximadamente 10 mil panfletos em diferentes pontos da cidade, além dos debates que realizamos na Universidade Federal de Santa Catarina e na Eletrosul para divulgar o aumento dos preços das tarifas, um tema que possui um enorme potencial de mobilização e disputa de consciência da população.

De igual forma nesta semana pudemos reafirmar a importância que o povo brasileiro lute por soberania e contra todo tipo de privatização, seja do petróleo, gás, água ou educação. O desafio de reaver tudo que foi privatizado e adotar uma política energética a serviço do povo.
Bem como estimular a luta contra as altas tarifas e contra os aumentos absurdos nos preços do gás de cozinha, energia elétrica, água e combustíveis e reforçar a luta para que toda riqueza produzida com o petróleo e nas usinas hidrelétricas sejam destinadas para educação, saúde, direitos e geração de emprego para o povo brasileiro.

Água, Petróleo, Educação e Energia com Soberania, Distribuição da Riqueza e Controle Popular!

Florianópolis, 31 de agosto de 2018.

#SoberaniaNacional
#OPetróleoéNosso
#SomosTodasAtingidas
#SomosTodosAtingidos
#ReformaAgraria
#PelaSoberaniaNacional
#AEletrobraséNossa #EletrobrasPúblicaEuDefendo
#NossosRiosNãoEstãoAVenda
#ÁguaEEnergiaNãoSãoMercadorias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.