Mulher transexual e cis sofrem estupro coletivo em praia da Itália

Publicado em: 07/09/2017 às 19:28
Mulher transexual e cis sofrem estupro coletivo em praia da Itália

Por Neto Lucon.

Uma mulher transexual peruana foi vítima de um estupro coletivo na madrugada do dia 25 de agosto em uma praia de Rimini na Itália. Ela foi abordada por quatro homens que a forçaram a fazer sexo.

A agressão ocorreu na praia de Miramare e, de acordo com os policiais, uma mulher cis polonesa também foi estuprada pelo quarteto e um amigo cis foi espancado pelo grupo. Desacordada, ela foi jogada no mar.

Por meio de desenhos elaborados pela polícia, a vítima peruana conseguiu reconhecer os rostos dos suspeitos. Eles foram identificados como estrangeiros.

Apesar da violência, a mulher transexual não corre risco de morte. Os dois turistas poloneses continuam internados na Itália devido aos ferimentos graves. A polícia polonesa se ofereceu para ajudar as autoridades italianas no caso.

No sábado (02), dois marroquinos, um de 15 e outro de 17 anos, um nigeriano de 16 e um congolês de 20 foram presos e confessaram ter participado do crime. Dois menores negaram ter cometido o ato sexual, mas confirmaram o espancamento do amigo de uma das vítimas.

“A prisão desta manhã foi uma dupla satisfação porque foram duas mulheres que colocaram as algemas no quarto homem. É um gesto simbólico que fez justiça às vítimas da violência”, afirmou o investigador Maurizio Improta.

Fonte: NLucon

Deixe uma resposta