MP-SC instaura inquérito para investigar papel de Caramori Jr. no aniversário da cidade

MP-SC instaura inquérito para investigar papel de Caramori Jr. no aniversário da cidade

Na sessão de hoje da Câmara Municipal, o vereador Prof. Lino Peres revelou em primeira mão a informação de que o Ministério Público de SC já instaurou inquérito para investigar as suspeitas de corrupção no envolvimento do empresário e ex-secretário-executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Florianópolis, Doreni Caramori Jr., com a festa de aniversário da cidade. “Tal ação do Ministério Público demonstra a importância da denúncia anônima e a necessidade de continuidade da CPI aqui na Câmara”, destacou Lino em Plenário. A atitude unilateral do presidente da Câmara municipal de Florianópolis, Guilherme Pereira – que, inclusive, assinou o documento -, de arquivar a CPI, mesmo com o parecer favorável da Procuradoria da Casa, foi bastante criticada durante a sessão de hoje. A Bancada da Oposição argumentou que, além da assinatura de 15 vereadores pela abertura da Comissão, há materialidade suficiente para a continuidade da investigação. A investigação das acusações levantadas pela denúncia que chegou à Câmara é essencial, já que evidenciam a conflituosa relação público-privada que está sendo construída nessa gestão.

No dia 5 de abril, o MP-SC enviou ao prefeito Gean Loureiro um ofício com diversos questionamentos sobre o acúmulo de função de Caramori Jr. como secretário e empresário, e também seu envolvimento na negociação entre a Prefeitura e a AMBEV, que pagou cerca de R$ 400 mil reais para a realização do aniversário da cidade deste ano. Caramori alega que a festa foi um evento privado. A Promotora Juliana Padrão Serra, autora do inquérito, estabeleceu o prazo de dez dias corridos para a resposta do prefeito – o ofício foi enviado no dia 5 de abril, mas a Prefeitura ainda não acusou o recebimento.

Fonte: Lino Peres

Você precisa estar logado para postar um comentário Login