Metas não atingidas na Educação

Por Larissa Cabral.

Mais de 117 mil crianças e jovens de SC estão fora da escola . Relatório apresenta conquistas e deficiências da Educação pública

O movimento Todos pela Educação divulgou o relatório anual de acompanhamento de suas 5 Metas, nesta terça-feira (7). O movimento acompanha a qualidade do ensino no país e busca garantir que todas as crianças e jovens contem com Educação pública de qualidade.
Em relação a Santa Catarina, os dados são positivos, contudo, o relatório revela uma situação mais alarmante a nível nacional.

Santa Catarina é o Estado onde mais alunos concluíram o Ensino Médio até os 19 anos. O percentual de 69,1%, observado em 2009, superou a meta de 59,2%, definida pela organização. A média nacional é 50,2%.

O Estado se destaca na meta 4 (prazo para conclusão da Educação Básica), aparecendo em terceiro lugar (atrás de DF e SP) entre os estados com mais alunos que concluíram o fundamental até os 16 anos, com 79%. A taxa é considerada dentro do percentual estipulado de 81%, pois o resultado alcançado tem um intervalo de confiança que varia de 72,6% a 85,4%. O único Estado que não alcançou a meta foi o RS.

O estudo, que se encontra em sua 4ª edição, tem como base os mais recentes indicadores educacionais e informações do Censo Demográfico 2010 sobre o acesso à escola. O conteúdo conta com análises de especialistas brasileiros que aprofundam os temas, boletins com o resultado das Metas por unidade da federação e dados de aprendizado por município.

Deficiências

O relatório revelou que, apesar de alguns bons resultados, Santa Catarina ainda deixa a desejar em alguns aspectos. O acesso à escola entre estudantes catarinenses de quatro a 17 anos, por exemplo, está abaixo do esperado, fato que coloca o Estado no 13º lugar no País. Nesta faixa etária, 91,4% da população está estudando, o que representa 117.616 crianças e jovens catarinenses fora da escola. Destes, 64,5 mil tem entre 15 e 17 anos. No Brasil, são 3,8 milhões.

Em relação à meta de aprendizado adequado à série em que o aluno está cursando, Santa Catarina ficou abaixo no último ano do ensino fundamental. A taxa de 19,7% para matemática ficou atrás da meta de 22,1%. Em português, cuja meta era 32,4%, o percentual é de 30,8%.

Da população de 4 a 17 anos, 91,4% estão matriculados na escola ou creche. O número também ficou abaixo do esperado: 94,3%. Outras metas que não foram atingidas são: 79,0% da população de 16 anos concluiu o Ensino Fundamental em 2009 (a meta era de 81,0) e 69,1% o Ensino Médio (superando a meta que era de 59,2).

As cinco metas

O Todos Pela Educação trabalha com cinco metas, que devem ser cumpridas até 2022, quando completa 200 anos da Independência do país. A cada ano, uma etapa deve ser alcançada.

1ª) Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola

2ª)Toda criança plenamente alfabetizada até os oito anos

3ª) Todo aluno com aprendizado adequado a sua série

4ª) Todo jovem com Ensino Médio concluído até os 19 anos

5ª) Investimento em Educação ampliado e bem gerido

Taxa de alfabetização em SC, de acordo com o Censo 2010:

10 a 14 anos: 98,8 %

15 ou mais: 95,9 %

Municípios

Blumenau – População em idade escolar (4 a 17 anos): 61.673 (IBGE 2010). Mais informações, clique aqui.

Chapecó – População em idade escolar: 40.813 (IBGE2010). Para mais informações, clique aqui.

Criciúma – População em idade escolar: 40.513 (2010). Para mais informações, clique aqui.

Jaraguá do Sul – População em idade escolar: 29.089 (2010). Para mais informações, clique aqui.

Braço do Norte – População em idade escolar: 6.890 (2010). Mais informações, aqui.

Neste link você pode visualizar as informações por região, estado, município e escola.

Baixe o relatório completo e os dados por município no site do Todos Pela Educação: www.todospelaeducacao.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here