Ex-agente da CIA alerta que centenas de jovens venezuelanos foram treinados para desestabilizar país

guarimbero_lanzando_piedra 2

Por Arlenin Aguillón.

Aporrea

Ex-agente da CIA, o cubano Raúl Capote, alertou numa entrevista oferecida ao jornal Chávez Vive, que centenas de jovens venezuelanos foram captados pela agência estadunidenses e treinados na Europa do Leste, para desestabilizar à Venezuela.

Em ampla entrevista que Chávez Vive publicou neste domingo 23, Capote detalhou que “aviões cheios de jovens venezuelanos” viajavam à Europa, para receber treinamento para dar golpes suaves.

Capote se deixou captar pela CIA, ao tempo que cumpria funções para os serviços de segurança cubana. Precisou que os planos da Embaixada estadunidense em Caracas, avançaram muito. “Vejo o que acontece na Venezuela e lembro o que tinha planejado aqui, em Cuba”, declarou Capote. “É o mesmo roteiro”, afirmou.

Na entrevista, o duplo agente cubano deu detalhes sobre a maneira como a CIA capta jovens que tenham liderança em instâncias já constituídas. Denunciou que o financiamento para estas operações “é infinito”.

As embaixadas dos Estados Unidos na Região servem como plataforma de ação da CIA, advertiu.

Tradução: https://www.facebook.com/amlapav.idiomas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.