Caciques e lideranças Guarani repudiam audiência pública em Palhoça

Publicado em: 15/08/2017 às 10:28
Caciques e lideranças Guarani repudiam audiência pública em Palhoça

NOTA PÚBLICA

Nós, caciques e lideranças Guarani de SC, vimos repudiar a audiência pública chamada pela Câmara de Vereadores de Palhoça, que convidou a população não-indígena do município, representante da Funai, e não convidou representante Guarani para estar presente à mesa.

Este ato falho dos vereadores, encabeçado por Pitanta (DEM), demonstra que não conhecem os direitos indígenas e nos consideram tutelados pela Funai, tutela esta que foi encerrada com a Magna Carta de 1988, e reconheceu os direitos indígenas a suas terras.

Deste modo, denunciamos que há moradores da região da Enseada do Brito, Palhoça, que estão também desrespeitando nossos direitos aplicados pela CF88 e C169/OIT, e estão atacando a comunidade Guarani. Neste mês já queimaram duas embarcações e roubaram uma placa da Funai que sinaliza o limite da Terra Indígena Morro dos Cavalos.

Somos pacíficos e nosso povo é reconhecido historicamente por acolher os imigrantes. Não aceitaremos que aqueles que acolhemos nos expulsem de nosso território ancestral.
#ComissãoNhemongueta

Fonte: Comissão Nhemongueta.

Deixe uma resposta