Após facada, Bolsonaro disse no hospital que eleição estava ganha: “Agora não precisa fazer mais nada”

Principal articulador da campanha, o empresário Paulo Marinho revelou em entrevista que vai ao ar na próxima quarta-feira (17) que Bolsonaro comemorou ainda no hospital Albert Einstein a vitória antecipada nas eleições presidenciais, após sofrer atentado em Juiz de Fora (MG)

Bolsonaro no hospital Albert Einstein. Foto: Twitter

O empresário Paulo Marinho, um dos principais articuladores da campanha de Jair Bolsonaro, revelou em entrevista que vai ao ar na próxima quarta-feira (17) no programa Em Foco, da jornalista Andréia Sadi, na GloboNews, que o então candidato disse que estaria eleito após sofrer atentado a faca durante campanha em Juiz de Fora (MG).

Ao ser indagado pela jornalista se o “atentado garantiu a vitória”, Marinho respondeu.

“Sem dúvida. Esta consciência foi do próprio capitão Bolsonaro na ocasião. A primeira visita que fiz a ele no hospital [Albert] Einstein, ele disse: olha, agora a gente não precisa fazer mais nada”.

Após o atentado, Bolsonaro se recusou a participar de debates, cancelou agendas públicas e só fez aparições em transmissões pelas redes sociais.

Assista ao vídeo, que foi divulgado pelo músico Leoni em seu instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.