Servidores Federais fazem corpo a corpo na chuva

Por Rosângela Bion de Assis: fotos e texto.

Os servidores públicos federais em greve demonstraram no dia 31 de julho que ainda estão com muita disposição de lutar pelas suas reivindicações. Nem as baixas temperaturas, nem a chuva incessante seguraram os trabalhadores na tarde desta terça-feira, em Florianópolis. O ato unificado organizado pelo Fórum dos Servidores Públicos Federais em Santa Catarina iniciou com concentração em frente à Catedral Metropolitana. Às 15 horas, os servidores do Ministério da Saúde, em greve há 30 dias em Santa Catarina, os servidores da Anvisa, em greve há 16 dias e os servidores do INSS incorporaram-se ao Ato.

 

Trabalhadores da Funai, IBGE, UFSC, IF-SC e Justiça Federal também participaram do Ato e da passeata que, no período da tarde, prosseguiu até o Ticen (Terminal de Integração Central). Pelo caminho, os servidores expuseram suas faixas, suas reivindicações e distribuindo panfletos para a população. No Terminal, os servidores explicaram os motivos da greve e enfatizaram a importância da valorização dos servidores e dos serviços públicos.

O Dia 31 de julho era apontado pelo próprio governo como a data limite para a apresentação de uma contra proposta às reivindicações dos servidores, apresentadas em janeiro de 2012. No dia 30, o Ministério do Planejamento informou o adiamento das reuniões e que novas convocações só acontecerão a partir de 13 de agosto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.