Quem foi o único deputado na história do Brasil a devolver suborno?

Por Carlos Terena. 

Faz 13 anos que nosso irmão e companheiro Mário Juruna (Xavante) nos deixou. Foi o único deputado federal índio na história do Brasil, eleito pelo PDT /RJ (1983-1987). Responsável pela criação da Comissão Permanente do Índio, que levou o problema indígena ao reconhecimento oficial.
Era destemido, enfrentavam os generais e a cúpula em plena Ditadura Militar, pelos direitos indígenas.

Foi também o único deputado na história do Brasil a denunciar o esquema de corrupção entre os políticos. Mostrando (foto) e devolvendo publicamente os 30 milhões de cruzeiros recebido na tentativa de suborno em 1984 por parte do empresário Calim Eid para votar em Paulo Maluf, candidato dos militares à presidência da República no colégio eleitoral. Votou em Tancredo Neves pelos direitos indígenas, até hoje não cumpridos.

Não conseguiu se reeleger nas eleições de 1986, mas continuou ativo na política por vários anos.
Esquecido, pobre vindo a falecer em decorrência de diabetes e hipertensão em 17 de julho de 2002.

Duas coisas ficam bem claras neste texto: Primeiro, que a corrupção era fato corriqueiro na ditadura militar. Segundo, que os políticos que não se dobram à corrupção não se reelegem e ficam relegados aos esquecimento. Então, como já argumentamos muitas vezes; o que move nosso país é a corrupção; não só na política, mas em todos as esferas da sociedade.

Fonte: Pensador Anônimo.

Fonte da Foto de Capa: Respeito Etnia Terena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.