Proposta de anulação do impeachment será analisada se atingir 20 mil votos

Publicado em: 29/07/2017 às 17:47
Proposta de anulação do impeachment será analisada se atingir 20 mil votos

Proposta de anulação do impeachment de Dilma está em votação no site do Senado

Uma ideia legislativa foi lançada recentemente no site e-Cidadania, página que pertence ao Senado Federal.

A proposta pede a anulação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e precisa de 20 mil votos para ser debatida pelos senadores. Clique aqui para votar.

Até o fechamento desta nota, foram registrados pouco mais de 10 mil apoios.

“Como já provado em muitas oportunidades, o impeachment de Dilma Rousseff foi um golpe de estado. Com o fracasso do governo ilegítimo, a única coisa que temos que exigir é a recondução de Dilma para o cargo que ela nunca deveria ter perdido”, diz resumo do texto da ideia legislativa.

e-Cidadania é um portal criado em 2012 pelo Senado Federal com o objetivo de estimular e possibilitar maior participação dos cidadãos nas atividades legislativas, orçamentárias, de fiscalização e de representação do Senado.

Anulação do impeachment

A defesa de Dilma Rousseff acredita ser possível a anulação do impeachment da ex-mandatária, sobretudo depois da absolvição do julgamento no TSE no mês de junho.

“O julgamento no TSE apenas reforçou que houve golpe no Parlamento contra o Estado de Direito e a Constituição. Sem o crime de responsabilidade. Continuaremos buscando a justiça no Supremo Tribunal Federal para que o impeachment seja anulado”, disse recentemente Flavio Caetano, advogado de Dilma.

“Primeiro, é preciso defender o princípio da soberania do voto popular. Segundo, pondere-se que vivemos em um semiparlamentarismo, em que quem não tiver maioria no Congresso perde o cargo”, concluiu o advogado.

Fonte: Pragmatismo Político

Deixe uma resposta