Peça com Jesus travesti é reinserida na programação do FIG: “Censura nunca mais”

eça com Jesus travesti é reinserida na programação do FIG: “Censura nunca mais”

34810723_1737647799605055_3550472764353675264_n

O espetáculo “O Evangelho Segundo Jesus – Rainha do Céu” foi reinserido na programação do Festival de Inverno de Garanhuns após ordem judicial. A obra havia sido tirada do festival pelo Governo de Pernambuco com a justificativa de que a protagonista é Renata Carvalho, uma travesti. Porém, diversos artistas e e culturais consideraram a decisão meramente transfóbica.

Nesta sexta-feira (27), um dia após a divulgação da determinação do Tribunal de Justiça, o Governo de Pernambuco divulgou um comunicado oficial, informando que a Secretaria de Cultura e o Fundarpe incluem o monólogo na programação. “O dia, hora e local da apresentação será informado nesta sexta-feira (27) até o final da manhã, após tratativas com os produtores do Monólogo”, diz o comunicado.

A volta do espetáculo na programação partiu do pedido do promotor do Ministério Público de Pernambuco, Domingos Sávio, ao desembargador Silvio Neves Baptista Filho. Na decisão, ele se baseou no artigo 5º, incisos, 4 e 9 da Constituição Federal, e disse que a “decisão administrativa violou os princípios da motivação, da ampla defesa e do contraditório”, uma vez que os produtores não puderam se manifestar acerca da exclusão.

O desembargador determinou ainda que o governo deve implantar ainda segurança necessária para o espetáculo. E que o descumprimento da reinserção da peça na programação ocasionará multa de R$ 50 mil.

A autora da peça Jo Clifford, que é escocesa, declarou que a a atriz e a diretora Natalia Mallo estão em Garanhuns para se preparar para o espetáculo que ocorre hoje, em realização independente, uma vez que até então a peça estava censurada no Festival. “A peça faz agora parte do Festival de novo. Uma vitória enorme para oChico Ludermir e todos que fizeram campanha em nosso nome. Pela liberdade de expressão e bom censo”, escreveu.

Nas redes sociais, Renata comemou: “Grata ao promotor Domingos Sávio e o Desembargador Silvio Neves Baptista Filho. Censura nunca mais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.