O Zimbabwe se desmonetiza: é o fim das notas de 100.000.000.000.000 dólares

A nota mais alta é de cem biliões de dólares zimbabuanos DR
A nota mais alta é de cem biliões de dólares zimbabuanos DR

O Zimbabwe vai dar início na segunda-feira a um processo de desmonetização. Depois de a inflação galopante no país ter retirado praticamente todo o valor à divisa nacional, o banco do Zimbabwe dá o último passo para retirar a sua moeda de circulação.

As notas de dólares zimbabuanos poderão ser trocadas por dólares norte-americanos, com o objectivo de evitar que a moeda do país deixe oficialmente de ter valor. A desmonetização começa a 15 de Junho e termina a 30 de Setembro.

Quem tem contas que vão até 175.000.000.000.000.000 dólares zimbabuanos – sim, são 15 zeros, o equivalente a mil biliões – recebe cinco dólares norte-americanos. O câmbio é de um dólar por cada 35 mil biliões (em inglês quadrillion). Quem tiver a nota mais alta em circulação no país – de 100.000.000.000.000 dólares zimbabuanos – recebe 0,40 centavos de dólar.

A retirada de circulação da moeda arranca na próxima semana, embora há vários anos grande parte das transacções já fosse feita em dólares norte-americanos ou em rands sul-africanos. O dólar norte-americano começou a ser utilizado como moeda em 2009, ano em que o banco central deixou de emitir dólares zimbabuanos.

Lembrando que a desmonetização passa pela “supressão da condição jurídica de uma unidade monetária”, o presidente do banco central, John Magudya, sublinhou em comunicado que este processo é necessário quando “há uma mudança na moeda nacional”.

Fonte: Público.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.