Memória de São João Maria

Publicado em: 16/09/2017 às 08:54
Memória de São João Maria
Por Ivo Pedro Oro. 
Ontem, dia 15 de setembro, os caboclos e indígenas do Oeste catarinense festejaram, celebraram e cultuaram a memória de São João Maria,  que, segundo eles, andou por nossa região na primeira década do século passado. Além dos conselhos de vida, de ensinamentos relativos a ervas medicinais e de advertências quanto ao futuro (“Virá época…”), João Maria deixou estas rezas…
Rezas…
 
Oração da manhã e da noite:
“Com Deus me deito,
com Deus me levanto,
com a graça de Deus
e do Espírito Santo.
Nossa Senhora do Pranto
nos cubri com vosso manto.
Se bem coberto for
não tenho medo nem pavor
das coisa que má for”.
 
Para benzer a tempestade:
Da cepa nasceu a rama
da rama nasceu Sant’ Ana,
de Sant’ Ana nasceu Maria,
de Maria nasceu Jesus.
São palavras de verdade,
Parti a tempestade.
(Segue um Padre Nosso, uma Ave Maria, uma Salve-Rainha,
um Creio em Deus Padre e eferecê pra Deus e Sant’ Ana).
 
Para benzer a água:
Jesus Cristo do altar
livre de todas as cobras
e dos principalmente
todos os perigos da minha frente
que eu quero passá.

Deixe uma resposta