MAB inaugura placa solar no Paraná

Publicado em: 11/12/2013 às 10:06
MAB inaugura placa solar no Paraná

placa solarNesta quinta-feira (05), 50 pessoas participaram da inauguração do projeto de Placas Solares para aquecimento de água no município de Francisco Beltrão, no Paraná. Esta é a primeira de uma série de 10 placas previstas para serem instaladas no estado, através de uma parceria entre o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Itaipu Binacional e Prefeitura Municipal de Francisco Beltrão.

A atividade aconteceu na propriedade de Roseli Aparecida Godinho, uma das beneficiadas das placas, e contou com a presença da secretária de Desenvolvimento Rural, Daniela Celuppi, do prefeito municipal, Cantelmo Neto, da deputada estadual do Partido dos Trabalhadores, Luciana Rafagnin, além de coordenadores do MAB.

O projeto, denominado Aquecedor Solar de Baixo Custo (ASBC), visa atender famílias de baixa renda, com o objetivo de diminuir o custo das tarifas de energia elétrica. A placa aquece a água do chuveiro, que representa o maior gasto nas contas de luz da população, a partir da energia do sol.

Dona Margarida, outra beneficiada, contou da alegria e satisfação de todas as famílias. “Como é bom tomar banho com água quente e lavar a louça sem esquentar água no fogo. Os vizinhos estão vindo conhecer e estão também interessados nas placas”, confidenciou.

O diretor da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Justino Rafagnin, também ressaltou a importância do projeto. “Esperamos que esse seja apenas o embrião de muitas outras ações”, afirmou.

O prefeito Cantelmo Neto e a deputada federal Luciana Rafagnin também reforçaram a importância de continuidade da iniciativa. Luciana ainda ressaltou o papel que o MAB exerce no estado.

Para a coordenadora estadual do MAB, Nívea Diógenes, as placas são muito importantes por trazerem uma melhoria concreta para a vida das famílias, além de proporcionar trabalhos conjuntos com outros setores. “Pretendemos expandir esse projeto para outros municípios do Paraná, levando junto o debate do projeto energético nacional para o nosso país”, garantiu.

Desde 2011, o MAB já construiu 80 aquecedores entre os três estados do sul, São Paulo e Minas Gerais. Até o próximo ano, a proposta é instalar mais 250, nos estados de São Paulo e Minas Gerais, através de uma parceria com a Christian Aid e Fundação Banco do Brasil.

 Fonte: MAB.

Deixe uma resposta