III Congresso Jovem Latino-americano e Caribenho

congresso-juvenil

Por Elissandro Santana, Porto Seguro, para Desacato.info.

Um grupo de 43 estudantes de diversas áreas da Unila viajou a Chimore – Cochabamba – Bolívia, para participar do III Congresso de Integração Jovem Latino-americano e Caribenho, que se realizará nos dias 18, 19 e 20 do corrente mês e ano, na Universidade Indígena Quechua “Casimiro Huanca”.

O encontro propiciará a troca de experiências e iniciativas relacionadas à democracia, à cultura política, ao desenvolvimento econômico, à cultura de paz, à identidade cultural, à gestão ambiental, à integração e ao cuidado da Mãe Terra para o viver bem, inserção regional da Bolívia nos processos de integração latino-americana, Educação e Pluralismo como meio de libertação de nossos povos para a América Latina e o Caribe, Tópicos sobre capitalismo, extrativismo e Socialismo Comunitário.

A programação inclui uma noite de integração cultural latino-americana, para que através da música e da dança os costumes se misturem e se integrem.

O evento contará com a presença do Presidente Evo Morales Ayma, além de renomados conferencistas internacionais, entre políticos, empresários, acadêmicos, embaixadores, deputados e outras autoridades da América Latina.

Eventos como esse são estratégicos para a integração a partir da juventude latino-americana, já que o congresso foi idealizado pelo mestrando em Integração Contemporânea da América Latina (Ical), Jesus Ibáñez Ojeda, em parceria com outros estudantes de graduação da Unila como Ervin Hurtado, Gustavo Mendoza e Juan Orgaz. Estes estudantes levam a Unila a outras fronteiras, pois, além deste evento já organizaram congressos similares em vários países latino-americanos.

Os organizadores do III Congresso de Integração Jovem Latino-americano e Caribenho afirmam que é através do fortalecimento de competências da juventude em diversos temas de estudo que se constrói a integração latino-americana, principalmente, dos povos rurais, já que eventos nesse âmbito esse atraem centenas de campesinos.

Muitos jovens na Fronteira Trinacional venderam alimentos para a obtenção das passagens para o evento e os organizadores conseguiram alojamento e alimentação no país boliviano. Desta vez, o evento reunirá em torno de 1500 pessoas, jovens de 9 países da América Latina e do Caribe.

Por fim, este evento é, também, uma oportunidade única para promover processos de seleção da Unila, possibilitando a difusão e o conhecimento acerca da Universidade Federal da Integração Latino-americana em outros países do continente latino-americano.

Vídeo de apresentação do evento:

Você precisa estar logado para postar um comentário Login