Haddad e Bolsonaro vão para o segundo turno

Foto: Ricardo Stuckert.

Haddad obteve 28,26% dos votos, enquanto Bolsonaro lidera com 46,79%. Em terceiro lugar está Ciro Gomes (PDT), com 12,5%. O baixo desempenho de nomes já tradicionais na disputa presidencial surpreendeu desta vez, é o caso de Geraldo Alckmin (PSDB) que ficou em quarto lugar com apenas 4,8% dos votos e Marina Silva (Rede) que figura atrás até mesmo do novato João Amoêdo e do evangélico Cabo Daciolo, com 1% do eleitorado.

Haddad obteve melhor desempenho nos estados do Norte e do Nordeste, e no Piauí foi onde teve a maior votação: 62,46%. Já Bolsonaro liderou no Sul, no Sudeste e em partes do Norte e do Centro-Oeste. O estado onde ele mais se destacou foi Santa Catarina, com 65,82% dos votos.

Se o segundo turno dependesse do Ceará, Bolsonaro estaria fora da disputa com 22% dos votos. O estado de Ciro Gomes o colocou no topo com 41,15%, seguido de Haddad com 31,79%.

No primeiro turno Bolsonaro se ausentou dos debates e precisou passar boa parte do tempo recluso devido ao ataque que sofreu durante a campanha, mas nesta segunda etapa da disputa ele terá que enfrentar o eleitorado e o cenário pode se reconfigurar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.