Fascismo ataca indígenas

O Conselho Indigenista Missionário Regiona Sul (CIMI) realizou um encontro em Chapecó (SC) com lideranças indígenas e missionários, os dias 14, 15 e 16 de setembro. Entre os temas abordados estão a educação escolar indígena, a comunicação e o fascismo que tem feito com que os direitos fundamentais dos povos não mais existam. Acompanhe as entrevistas de Julia Saggioratto e Paulo Fortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.