Ex-policial venezuelano admite participação em atentado contra Nicolás Maduro

Salvatore Lucchese com o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe. Foto: Reprodução do Twitter

O ex-policial e ex-dirigente opositor venezuelano Salvatore Lucchese garantiu nesta terça-feira que fez parte do atentado falido contra o presidente Nicolás Maduro, cometido no domingo 4 de agosto, durante um ato público com membros das Forças Armadas do país.

“Nós tínhamos um objetivo e, por enquanto, não se materializou em um cem por cento”, expressou desde Bogotá (Colômbia) em uma entrevista à agência de notícias Reuters.

Lucchese foi diretor do corpo policial do município de San Diego, estado Carabobo (centro), e integrou o partido opositor Vontade Popular (VP), vinculado aos fatos de violência registrados na Venezuela entre 2014 e 2017.

Através de sua conta no Twitter, o ex-funcionário reiterou em várias publicações que o mandatário venezuelano continua sendo o objetivo da organização que planejou o magnicídio frustrado.

Com informações de TeleSUR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.