Eleitor não votará em deputado que salvar Temer da degola, diz Paraná Pesquisas

O eleitor brasileiro parece estar determinado a virar o jogo quando o assunto é o comportamento de seus parlamentares. Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas revela que aquele deputado que ousar participar de negociatas para salvar o mandato do presidente ilegítimo Michel Temer receberá uma cruz na lista de opções pela reeleição. Temer, como é sabido, foi denunciado pela segunda vez pela Procuradoria Geral da República por Organização Criminosa e Obstrução da Justiça.

A pesquisa foi feita a pedido do site Brasil 247. Segundo ela, 74,9% dos entrevistados disseram que não reelegeriam um deputado federal que votasse pelo arquivamento da denúncia contra Temer, isto é, pela sua permanência na Presidência. 13,3% disseram que reelegeriam, 8,5% responderam talvez, e 3,3% não souberam ou não quiseram opinar.

Paraná Pesquisas também perguntou se os brasileiros votariam em um candidato a presidente apoiado por Michel Temer. 75,8% disseram que não votariam, 8,3% disseram que votariam, 13,8% responderam talvez, e 2,2% não opinaram.

A pesquisa foi feita online entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro com 2.160 brasileiros. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Na expectativa de barrar o mais rapidamente possível a denúncia na Câmara, Temer recebeu nessa terça-feira, 3, mais de 50 deputados no Palácio do Planalto e prometeu ajudar nas demandas regionais dos políticos que estiveram em seu gabinete. Temer foi denunciado por organização criminosa e obstrução à Justiça.

Os assuntos foram os mais diversos: de imposto sindical à burocracia que atrapalha a inscrição de times de futebol em campeonatos; da criação de universidades no interior a pedidos de recursos para obras de creches na Bahia. A todos os deputados, Temer seguia o mesmo modus operandi: anotava as demandas e prometia ajudar.

Fonte: Conexão Jornalismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.