Dilma, é uma vergonha!

Publicado em: 28/07/2011 às 22:02
Dilma, é uma vergonha!


Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino

Veja abaixo o comprometimento do governo brasileiro na aquisição de armas bélicas do Estado nazisionista de Israel. As Forças Armadas brasileiras têm investido pesado na aquisição de equipamentos de guerra eletrônicos e tecnologia de Israel.

É uma vergonha o governo brasileiro ter aprovado a entrada do Estado de Israel no Tratado de Livre Comérico do Mercosul  – TLC Mercosul e agora realiza compras de equipamentos de morte?

O governo brasileiro precisa utilizar o dinheiro público para  benefício de seu povo! para libertar nossos pobres desta condição calamitosa. Precisamos de reforma agrária, de educação pública e de qualidde, de salário mínimo decente, de aprimoramento e qualificação no SUS, de casas populares para acabar com o déficit habitacional e tantas outras coisas, ao invés de ficar investindo em importação de tecnologias bélicas de Israel. Somos solidários ao povo  brasileiro e agradecemos a linda solidariedade deste povo a Causa Palestina!

Nossa resposta a vergonha da Dilma é  fortalecer a campanha de Boicote a produtos de Israel BDS – http://www.bdsmovement.net/

O carácter fascista do Estado de Israel tem de ser repudiado.  A sua última escalada de violência contra o povo palestino — com a hipócrita conivência da chamada comunidade internacional — fez crescer a indignação do mundo. Agora urge passar das palavras aos actos.  No entanto, muitos perguntam-se como.
Palavras como boicote, desinvestimento e sanções (BDS) começam a correr mundo.   Há que concretizá-las e generalizá-las com a promoção de acções concretas.   Elas podem ir desde o corte de relações diplomáticas ao nível de um Estado, até ao simples gesto individual de rejeitar um produto num supermercado.

As Forças Armadas brasileiras têm investido pesado na aquisição de equipamentos de guerra eletrônicos e tecnologia de Israel, um dos países mais avançados do planeta no setor. Mesmo sem perspectivas de conflitos e em paz com seus vizinhos, o Brasil planeja gastar bilhões com miras e controles israelenses que permitem matar à distância.

Só para o Projeto Guarani, considerado um dos mais importantes de modernização do Exército, devem ser destinados R$ 6 bilhões nos próximos 20 anos. Tal montante deve ser utilizado para a fabricação de novos veículos baseados nos antigos blindados Urutu. Entre as novidades estão controles digitais em vez de ponteiros indicadores. Com o sistema, soldados poderão vigiar o terreno, mirar e matar sem sair do carro. Todos os comandos são acionados por controle remoto.

Segundo militares, os novos Guarani serão usados na vigilância das fronteiras e no combate ao tráfico de drogas.  Cada um pesa 18 toneladas, tem tração nas 6 rodas e leva 11 soldados. Os veículos são anfíbios, ou seja, andam na terra e funcionam como barcos na água.

Na Aeronáutica, a principal novidade vinda de Israel é o capacete ultramoderno para os aviões Tucano e F-5. Tal equipamento permitirá que os pilotos consultem todas as informações que precisam no visor, que funciona como uma tela de alta resolução tanto de dia quanto de noite. A tela também funciona como mira eletrônica, que calcula e avisa o momento exato para disparos.

O novo capacete permite gravar todos os dados dos voos, inclusive imagens reais, e pode ser utilizado em um futuro próximo em aeronaves da polícia.

A tela ajuda em manobras quando o tempo está ruim ou em voos de baixa altitude.  Em breve, a memória do capacete poderá armazenar imagens do terreno e o piloto verá tudo como se fosse um dia claro de sol, mesmo no meio das piores tempestades.

fonte: http://www.folhauniversal.com.br/geral/noticias/morte_a_um_clique-6085.html

Palestina livre!

Viva a Intifada! Resitência até a vitória!

Comitê Catarinense de Solidariedade ao Povo Palestino

“Um beduíno sozinho não vence a imensidão do deserto, é preciso ir em caravana”

www.vivapalestina.com.br

www.palestinalivre.org

Iamgem: resistir.info

 

Deixe uma resposta