Cuba pede ações concretas para o desarmamento nuclear

cubaO chanceler cubano, Bruno Rodríguez, comentou, nessa terça-feira (3), a necessidade de se implementar medidas concretas para atingir um “mundo livre de armas nucleares”.

Segundo ele, “é indispensável uma nova ordem mundial baseada na paz, na solidariedade humana e na justiça social”, disse na Conferência sobre o Desarmamento realizada em Genebra, na Suiça.

“As milionárias despesas com armas devem ser usadas para promover a paz, o desenvolvimento econômico e social e uma vida digna para todos os seres humanos”, destacou Rodriguez.

“Portanto, o desmantelamento nuclear não pode ser um objetivo continuamente adiado. Nós condenamos o papel das armas nucleares nas doutrinas, políticas e estratégias de segurança e também a ameaça de seu uso. Também reivindicamos o respeito pelo direito inalienável ao uso pacífico da energia nuclear”, acrescentou.

Para ele, já é o tempo de se adotar um programa abrangente e equilibrado de trabalho que leve em conta as prioridades reais em relação ao desarmamento.

A Conferência “tem a importante responsabilidade de agir à altura das expectativas legítimas da comunidade internacional e contribuir decisivamente para a paz e para a segurança e a sobrevivência da espécie humana, ameaçada por enormes arsenais nucleares e por mudanças climáticas”.

O cubano ressaltou ainda a necessidade de se assumir o compromisso, por todos os membros da Conferência, de contribuição para o sucesso do encontro Desarmamento Nuclear de Alto Nível das Nações Unidas, que ocorrerá em 2018″, disse.

“Em um marco histórico”, lembrou Rodriguez, “na Segunda Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e do Caribe (Celac), realizada em Havana, em janeiro de 2014, a região foi formalmente proclamado como Zona de Paz. Essa proclamação enfatizou o forte empenho dos membros da Celac no desarmamento nuclear”, acrescentou.

Imagem: Reprodução/Marxist.com

Fonte: Prensa Latina/Portal Vermelho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.