Começa nesta segunda-feira a Semana Mundial pelo Respeito ao Nascimento

Publicado em: 19/05/2014 às 08:16
Começa nesta segunda-feira a Semana Mundial pelo Respeito ao Nascimento

semana_mundial_respeito_nasUm momento dedicado à troca de experiências e reflexões sobre o bem nascer e a humanização do parto. É a Semana Mundial pelo Respeito ao Nascimento, que será realizada pela primeira vez em Florianópolis, com atividades voltadas a promover o respeito ao parto e nascimento. De 19 a 22 de maio, das 12h às 22h, estão programadas no segundo piso do Shopping Floripa diferentes atividades gratuitas voltadas a esclarecer, acolher e apoiar mulheres, gestantes e suas famílias em busca de um nascer respeitoso e sublime. Exposições fotográficas, rodas de bate-papo, apresentação de documentários e filmes de parto e nascimento, atividades lúdicas, brincadeiras infantis, tudo para acolher as famílias e apoiar quem está em busca de uma outra forma de nascer.

O evento é organizado por Ligia Moreiras Sena, doutora em Farmacologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, doutoranda em Saúde Coletiva – também pela UFSC – e autora do blog Cientista Que Virou Mãe; e Gabriela Zanella, fisioterapeuta e doula (acompanhante de parto), com o apoio de dezenas de profissionais. As atividades em Florianópolis contarão com a participação dos principais nomes ligados ao movimento de humanização do parto na cidade. Doulas, obstetras, enfermeiras, parteiras urbanas, fotógrafas de parto, assistentes sociais, advogadas, antropólogas, obstetrizes, pesquisadoras, professoras, terapeutas holísticos, todos juntos para promover um momento de valorização do parir e do nascer em Florianópolis. O evento conta com o apoio do Floripa Shopping.

Sobre a Semana

A Semana Mundial Pelo Respeito ao Nascimento acontece desde 2004 em todo o mundo. Foi inicialmente proposta pela Aliance Francophone pour l’Accouchement Respecté (AFAR), associação francesa formada por cidadãos interessados em discutir e promover questões perinatais, legalmente reconhecida na França e que representa as usuárias do sistema de saúde. Desde então, todos os anos, no mês de maio, acontece em diferentes países uma semana de mobilização internacional visando o compartilhamento de informações, criação de momentos de trocas presenciais, acolhimento de gestantes, suas famílias e profissionais, visando difundir e valorizar o conceito de respeito ao parto e nascimento, à mulher e ao bebê. Pessoas, grupos e associações organizam e promovem eventos que têm como objetivo acolher gestantes e orientá-las para que tenham a melhor experiência possível de parto e nascimento.

O tema da Semana Mundial pelo Respeito ao Nascimento de 2014 é “Parir é poder!”. No contexto brasileiro, a frase representa não somente o empoderamento feminino na busca por uma experiência respeitosa e prazerosa de parto e nascimento – do filho e da nova mãe – mas, principalmente, a saída de um sistema violento. No Brasil, uma a cada quatro mulheres sofre diferentes tipos de violência no nascimento de seus filhos. O evento busca promover a reflexão sobre outras formas de nascer, que sejam afetuosas, respeitosas e acolhedoras. Entre os temas a serem discutidos estão o que é o bem nascer, como conseguir um parto e nascimento feliz, o que é a humanização do parto, como garantir a participação do pai, como estimular o protagonismo da mãe no nascimento, como respeitar e bem acolher a nova vida que vai chegar, como apoiar o profissional que deseja atualizar e modificar suas práticas a fim de contribuir com a mudança de cenário.

:: Programação

19 de maio • segunda-feira – HUMANIZAÇÃO DO PARTO

12:00 – abertura da sala

12:00 – 22:00 – Exposição Fotográfica “Instinto” – Equipe Além D’Olhar

14:00 – Vídeos de parto humanizado

15:00 – Roda de conversa: “Respeito ao Parto e Nascimento: a situação no Brasil”

– Ligia Moreiras Sena (doutoranda em Saúde Coletiva, pesquisadora da

assistência ao parto no Brasil)

– Gabriela Zanella (fisioterapeuta, doula)

– Roxana Knobel (obstetra, doutora em Ciências Médicas, professora da UFSC)

17:00 – Roda de conversa: “O que é parto humanizado: as evidências científicas na atenção

ao parto e nascimento” – Equipe Hanami – Enfermagem obstétrica e neonatal e parto

domiciliar planejado

18:00 – 20:00 – Apresentação do documentário “O Renascimento do Parto”,

seguido por roda de conversa sobre o filme

20 de maio • terça-feira – PREPARANDO A FAMÍLIA PARA O PARTO

12:00 – abertura da sala

12:00 – 22:00 – Exposição Fotográfica “Instinto” – Equipe Além D’Olhar

14:00 – 15:00 – Relato e vídeo de parto Carol (Salvador – BA) e Equipe Além D´Olhar

15:00 – 16:30 – Roda de conversa: “Preparação de casais para a chegada do bebê”: Juliana Sell (psicóloga, especializada em acolhimento de famílias e preparação para o parto)

17:00 – 18:00 – Roda de conversa: “Proteja seu parto: como não cair nas estatísticas de

cesarianas desnecessárias” – com a obstetra Juliany Silva

17:00 – Atividade para crianças: “Todo bebezinho nasce” – com Equipe Reverbera

19:00 – 20:30 – Roda de conversa “As diferenças entre o parto normal e a cesárea para a mãe e para o bebê” – com alunos do curso de medicina da UFSC, coordenados pela profa. Roxana Knobel

21 de maio • quarta-feira BEM NASCER, MAL NASCER: O PARTO NO BRASIL

12:00 – abertura da sala

12:00 – 22:00 – Exposição fotográfica “O Prazer de Parir” – Carol Dias Fotografia

14:00 – Relato de parto Ana Carolina Pacheco Rosseto e Carol Dias (o relato do parto que é capa do filme “O Renascimento do Parto”)

15:30 – 16:30 – “O acompanhante no parto: a lei do acompanhante está sendo cumprida ou não no Brasil?” – Equipe Hanami – Enfermagem obstétrica e neonatal e parto domiciliar planejado

17:00 – 18:00 – Roda de conversa: “Gestação, nascimento e pós-parto” – com Roxana Knobel (obstetra, doutora em Ciências Médicas, professora da UFSC)

18:30 – 19:30 – “A importância da doula no trabalho de parto, parto e pós-parto” – com Gabriela Zanella (fisioterapeuta e doula) e Cristina Melo (doula)

20:30 – 22:00 – Vídeos de parto humanizado

22 de maio • quinta-feira – PARIR É PODER

12:00 – abertura da sala

12:00 – 22:00 – Exposição fotográfica “O Prazer de Parir” – Carol Dias Fotografia

14:00 – 15:00 – Relato de parto Daniela Wykret – parto natural humanizado na Casa de Parto David Capistrano (Belo Horizonte – MG)

15:00 – 16:30 – Desenhando o bebê na barriga: oficina de ultrassonografia natural e pintura de barriga – com Equipe Hanami – Enfermagem obstétrica e neonatal e parto domiciliar planejado

17:00 – 18:30 – “Parto domiciliar planejado: uma opção segura” – Grupo AMA Nascer – Parteiras Contemporâneas

17:00 – Atividades para crianças “Todo bebezinho nasce” – com Equipe Reverbera

19:30 – 20:30 – Benefícios do parto humanizado e a importância do preparo consciente – com os obstetras Pablo de Queiroz Santos e Monica Kerges Bueno (Espaço Binah)

21:00 – Encerramento com a equipe da organização

Mais informações:

Organização geral: LIGIA MOREIRAS SENA e GABRIELA ZANELLA

(48) 9162-4514

Site do evento

Fonte: Notícias UFSC.

Deixe uma resposta