Colômbia: 2º turno garantido entre a direita e a ultra-direita

Publicado em: 25/05/2014 às 10:02
Colômbia: 2º turno garantido entre a direita e a ultra-direita

Colombia 2

Brasília 20:00 h

Com 98,98% dos votos apurados, a participação foi só de 39,85%.

Brasília 19:00 h

Segundo turno garantido entre a direita e a ultra-direita.

Brasília 18:00

Concluiu em total tranquilidade a eleição nacional na Colômbia. No exterior a participação foi muito baixa.

————–

Brasília 17:15

Em 45 minutos termina a votação na Colômbia.

UNASUL destacou a segurança com a qual estão se desenvolvendo as eleições na Colômbia.

A entidade que reúne todos os países da América do Sul entregará um informe de avaliação sobre o pleito amanhã, segunda-feira.

—————

Brasília 12:55

Na eleição para presidente anterior, em 2010, a abstenção foi da 50,73%.  Existe o temor de que este número de abstenções, já alto, suba ainda mais.

A tradição abstencionista se reporta desde 1996, ano em que houve a maior abstenção em primeiro turno. Mais do 66% dos colombianos não votaram. Inclusive, o número mais baixo de abstenção é também surpreendente e se reportou em 1974, com quase um 42% de abstenções.

545976 colombianos que moram fora do país estão habilitados para votar neste pleito.

—————

Brasília 11:00

Colômbia tem duas horas menos que Brasília.

Com veda para a venda e consumo de bebidas alcoólicas, os colombianos votam nestes candidatos: Juan Manuel Santos, atual presidente, Clara López, Martha Lucía Ramírez, Enrique Peñalosa e Oscar Iván Zuluaga.

O tema da paz e da segurança na Colômbia é central. Segundo a presidência da República, um 50% dos pontos levantados em conjunto com as FARC-EP estaria cumprido.

Observa-se apatia nas primeiras horas de votação, particularmente, porque em algumas regiões a votação para governadores acontecerá em outra data.

—————

Brasília 10:15

Mais de 30 milhões de colombianos estão habilitados para votar. O Presidente Juan Manuel Santos acaba de dar sua mensagem de início da votação.

—————

Brasília 9:59

O país caribenho vota hoje. Acompanharemos com narrações de texto em português os fatos mais importantes da eleição na irmã República da Colômbia.

Nossa América é nossa Pátria Grande, o que nela acontece é importante para nós.

Deixe uma resposta