Colégio Estadual de Curitiba é ocupado por estudantes contra reforma educacional de Temer

Considerada a mais antiga instituição de ensino do estado do Paraná, O Colégio Estadual do Paraná (CEP) acaba de ser ocupado por estudantes secundaristas contra a reforma do Ensino Médio e a PEC241, que congela os gastos da educação por 20 anos.

O colégio tem capacidade para cinco mil estudantes e foi um grande pólo de resistência a Ditadura Militar. Apesar de ser considerado uma escola modelo, também sofre com descaso do estado e o sucateamento da rede do Ensino Público. O colégio já está praticamente todo trancado e teve as áreas históricas preservadas pelos estudantes.

Vídeo do exato momento que os estudantes secundaristas ocuparam o prédio administrativo do Colégio Estadual do Paraná contra as medidas do Governo de Temer – 06/10/2016

A luta pela democracia também fez parte da escola em 2010 quando, após intensa mobilização, os estudantes conquistaram eleições diretas para Diretor.

Em consonância com a segunda Primavera Secundarista – como tem sido chamada a nova onda de ocupações de escolas pelo Brasil – os estudantes decidiram contrapor o plano de Educação do governo Estadual e Federal, ocupando por tempo indeterminado a escola, que é considerada a “menina dos olhos de ouro” do governador Beto Richa (PSDB). O estado já conta com 32 escolas ocupadas até o fechamento dessa matéria, de acordo com a UBES – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.

Foto: Paulo Jesus / Mídia NINJA

Fonte: https://ninja.oximity.com/article/Col%C3%A9gio-Estadual-de-Curitiba-1

Você precisa estar logado para postar um comentário Login