Chile promove exposição sobre muro do apartheid na Palestina

Por Lúcia Rodrigues, Ibraspal.

A comunidade palestina que vive na região de São Felipe, no Chile, está promovendo uma exposição com imagens sobre o Muro da Palestina. A mostra é organizada por Roberto Silva Bijit, que também dirige o jornal chileno El Observador.

“A exposição é uma manifestação de rechaço do povo palestino ao muro. Aqui não vemos os mortos nem os feridos, mas temos o sentimento da tragédia que já dura 70 anos”, frisa o presidente da comunidade de origem palestina em São Felipe, Alejandro Lolas Chabán.Ele recorda que o muro tem mais de 700 quilômetros de extensão e aproximadamente sete metros de altura. “Nossa intenção é que as pessoas saibam que ele existe.”

E ressalta o forte enraizamento com o povo chileno. “Estamos no Chile há 115 anos. Somos parte do Chile, que tem uma relação muito profunda com o povo palestino. Nos interessa que os chilenos conheçam nossos problemas.”

De acordo com Chabán, Israel desrespeita todas as resoluções das Nações Unidas. “Só acatou a resolução 181, de novembro de 1947, que criou o Estado de Israel. Desde então segue exterminando os palestinos.”

Com informações de Palestina Libre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.