Cheio de coragem, Pedro Casaldáliga completa 90 anos

Após um encontro realizado entre os dias 17 e 22 de abril do ano passado, a Prelazia de São Félix do Araguaia divulgou uma nota de repúdio em que manifesta preocupação com as medidas adotadas pelo atual governo federal na “desconstrução de direitos historicamente adquiridos e consolidados pela Constituição cidadã promulgada no dia 5 de outubro de 1988”.

Bispo emérito, Pedro Casaldáliga participou do encontro e assina a carta junto com os agentes de pastoral e com o bispo Dom Adriano Ciocca Vasino.

“A palavra de vida é nenhum direito a menos e o nosso repúdio a esse estado de coisas que massacra, exclui e aumenta mais ainda o empobrecimento de nosso povo. Cada vida humana vale mais que o lucro do mercado e os governantes deveriam estar a serviço do bem-estar de toda a população, garantindo os direitos individuais e sociais”, diz o texto.

Forte, o posicionamento mostra que Pedro Casaldáliga chega às nove décadas de vida firme e coerente com os princípios que marcam a sua trajetória admirada no mundo todo.

O bispo emérito completa 90 anos nesta sexta-feira, dia 16 de fevereiro, com uma celebração do testemunho do religioso ao Mato Grosso, ao Brasil e ao mundo.  Um testemunho de enfrentamento às injustiças e de defesa aos direitos humanos.

Nascido na Catalunha, Espanha, o religioso chegou ao Brasil em 1968 como missionário e em 1971 foi nomeado primeiro bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia, no Mato Grosso, uma região marcada pela marginalização social, domínio dos latifúndios, pobreza e injustiça.

No local apelidado de “Vale dos Esquecidos”, o bispo emérito enfrentou e enfrenta desafios, ameaças e perseguições para defender os direitos dos mais pobres, lutar ao lado do povo e estruturar a diocese de forma participativa e democrática. Vive de forma simples – trocou a mitra pelo chapéu de palha e o anel de ouro por um de tucum.

Defensor da reforma agrária, é o principal responsável por projetos de assentamentos para pequenos agricultores que vivem em produzem nos 15 municípios que fazem parte da Prelazia.

“Infelizmente, porém, devido ao avanço do agronegócio e à falta de uma política coerente de apoio à agricultura familiar, estes projetos estão ameaçados de desaparecer”, disse recentemente o bispo Adriano Ciocca, responsável pela Prelazia, em entrevista ao Vatican News.

Conquistas nas áreas de saúde e educação também fazem parte do legado do bispo emérito.

Durante a ditadura militar brasileira, cheio de coragem, ele denunciou o descaso com os povos indígenas e ribeirinhos, o trabalho escravo e a exploração.

Poeta e escritor, Pedro Casaldáliga comemora os 90 anos com o lançamento de um novo portal em que ficará disponível, de forma gratuita, toda sua bibliografia – livros, artigos, poemas e outros conteúdos. O portal é um pedido do próprio religioso e vai garantir que toda sua obra permaneça acessível.

Fundo Brasil

Pedro Casaldáliga é um dos instituidores do Fundo Brasil, fundação que há onze anos promove o respeito aos direitos humanos, construindo mecanismos inovadores e sustentáveis que fortalecem organizações da sociedade civil e desenvolvem a filantropia de justiça social.

Já foram destinados R$ 13,3 milhões a mais de 300 projetos em todas as regiões do país. Além da doação de recursos, os projetos selecionados são apoiados por meio de atividades de formação e visitas de monitoramento que fortalecem as organizações de direitos humanos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here