Carta a Milton Nascimento

Português/Español

Querido Milton Nascimento,

Teu legado de rebeldia política, defesa dos direitos humanos e a justiça social, estarão comprometidos se decides atuar em Israel. Desde março de 2018 se contabilizam 300 palestinxs assassinadxs, incluindo crianças, jornalistas e médicxs, e mais de 20 mil feridxs. Estes ataques foram feitos contra a população civil desarmada por protestar em defesa dos seus direitos fundamentais.

Em soma, Israel se declarou, de fato, um Estado de apartheid no ano que passou, com a lei de “Estado nação judeu.” Em 2005, a sociedade civil palestina chamou as organizações e pessoas conscientizadas de todo o mundo para apoiar a campanha de Boicote, Desinvestimentos e Sanções (BDS) ao estado de Israel. Três são as petições fundamentadas no Direito Internacional e na Declaração Universal dos Direitos Humanos:

  1. O fim da ocupação e colonização de todas e cada uma das terras palestinas e o desmantelamento do Muro.
  2. O reconhecimento dos direitos fundamentais dxs palestinxs de Israel e sua total igualdade perante a lei.
  3. Respeitar, proteger e promover os direitos dxs palestinxs refugiadxs a retornar às suas casas e propriedades, tal e como o estipula a resolução 194 das Nações Unidas.

Milton, ouça o pedido das organizações culturais palestinas! A voz que vem do coração diz não ao apartheid.

Milton, ouça o pedido das organizações culturais palestinas! A voz que vem do coração diz não ao apartheid!

Milton, não vá a Tel Aviv!

#CANCELAMILTONNASCIMENTO #BDS

Fonte: BDS Madrid.

—————————————————

Querido Milton Nascimento:

Tu legado de rebeldía política, defensa de los derechos humanos y la justicia social se comprometerán si decides actuar en Israel. Desde marzo de 2018 se han contabilizado 300 palestinxs asesinadxs, incluyendo niñxs, periodistas y médicxs, y más de 20.000 heridxs. Estos ataques se han hecho contra la población civil desarmada por salir a protestar en defensa de sus derechos fundamentales. En suma, Israel se declaró de facto un Estado de apartheid el año pasado con la ley de “Estado nación judío”.En 2005, la sociedad civil palestina llamó a las organizaciones y personas concienciadas de todo el mundo a apoyar la campaña de Boicot, Desinversiones y Sanciones (BDS) al Estado de Israel. Tres son las peticiones fundamentadas en el Derecho Internacional y la Declaración Universal de los Derechos Humanos:

1. El fin de la ocupación y colonización de todas y cada una de las tierras palestinas y el desmantelamiento del Muro.
2. El reconocimiento de los derechos fundamentales de lxs ciudadanxs palestinxs de Israel y su total igualdad ante la ley.
3. Respetar, proteger y promover los derechos de lxs palestinxs refugiadxs a retornar a sus casas y propiedades, tal y como lo estipula la resolución 194 de Naciones Unidas.

Milton, ouça o pedido das organizações culturais palestinas! A voz que vem do coração diz não ao apartheid!

¡MILTON NO VAYAS A TEL AVIV! #CANCELAMILTONNASCIMENTO #BDS
Fuente: BDS Madrid.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.