Cacique Luís Salvador representará região sul no Fórum Social Mundial

Cacique Kaingang Luís Salvador representará a região sul no Fórum Social Mundial em Salvador, BA, em uma mesa falando sobre a importância da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS

Por Julia Saggioratto, para Desacato.info.

O cacique Kaingang Luís Salvador, da Terra Indígena Rio dos Índios, de Vicente Dutra, RS, participará do Fórum Social Mundial que acontecerá entre os dias 13 e 17 de março na capital da Bahia, Salvador.

A participação de Luís Salvador no Fórum é um desdobramento da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS que ocorreu entre os dias 14 e 16 de dezembro de 2017, uma iniciativa do Fórum Ecumênico ACT Brasil que teve a participação do Conselho de Missão entre Povos Indígenas, o COMIN, da Fundação Luterana de Diaconia, do Conselho Indigenista Missionário, CIMI e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, o CONIC.

A missão visitou a comunidade Kaingang Carazinho, onde vivem 35 famílias, e duas comunidades Guarani, uma em Maquiné, com 18 famílias, e a outra em Capivari, com 20 famílias. As três comunidades aguardam pela demarcação do seu território.

Visita da Missão Ecumênica realizada na comunidade Carazinho (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

O objetivo da missão, divulgado pela Fundação Luterana de Diaconia, foi denunciar, também em âmbito internacional, o contexto de desmonte, retirada de direitos, intolerância e violência, especialmente no que se refere aos povos historicamente invisibilizados pelas políticas públicas e às defensoras e defensores de direitos humanos.

Momento cultural da etnia Kaingang durante visita da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

Na visita à comunidade Carazinho o cacique Luís Salvador esteve presente. Segundo ele foi muito importante falar sobre o povo que luta pela vida. “O índio não está defendendo só a terra, ele está defendendo o corpo humano. [Constituição de] 88 garantiu espaço dos povos indígenas, a saúde, educação, tudo”, comenta. Luís Salvador ainda destaca que foi muito importante os indígenas esclarecerem para a sociedade a importância da vida.

Cacique Luís Salvador na visita à comunidade Carazinho em 2017 (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

No Fórum Social Mundial Luís Salvador irá representar os povos indígenas da região sul do Brasil em uma mesa falando sobre a importância da missão realizada para as comunidades indígenas. O cacique defende que o Fórum será importante pois irá defender a vida social do povo brasileiro. “Seja do índio, seja do povo sofrido, seja dos ribeirinhos, seja daqueles que lutam pela vida. Tem que defender a vida daqueles que ainda estão dentro dessa mata que nós temos, principalmente da Amazônia Legal. Defender essa vida é defender a vida humana de toda a população brasileira”, ressalta Luís Salvador.

Seguimos acompanhando a participação do Cacique no Fórum. Mais informações você acompanha aqui no Portal Desacato.

Escute a entrevista completa de Luís Salvador no programa Vida em Resistência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here