Cacique Luís Salvador representará região sul no Fórum Social Mundial

Cacique Kaingang Luís Salvador representará a região sul no Fórum Social Mundial em Salvador, BA, em uma mesa falando sobre a importância da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS

Por Julia Saggioratto, para Desacato.info.

O cacique Kaingang Luís Salvador, da Terra Indígena Rio dos Índios, de Vicente Dutra, RS, participará do Fórum Social Mundial que acontecerá entre os dias 13 e 17 de março na capital da Bahia, Salvador.

A participação de Luís Salvador no Fórum é um desdobramento da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS que ocorreu entre os dias 14 e 16 de dezembro de 2017, uma iniciativa do Fórum Ecumênico ACT Brasil que teve a participação do Conselho de Missão entre Povos Indígenas, o COMIN, da Fundação Luterana de Diaconia, do Conselho Indigenista Missionário, CIMI e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, o CONIC.

A missão visitou a comunidade Kaingang Carazinho, onde vivem 35 famílias, e duas comunidades Guarani, uma em Maquiné, com 18 famílias, e a outra em Capivari, com 20 famílias. As três comunidades aguardam pela demarcação do seu território.

Visita da Missão Ecumênica realizada na comunidade Carazinho (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

O objetivo da missão, divulgado pela Fundação Luterana de Diaconia, foi denunciar, também em âmbito internacional, o contexto de desmonte, retirada de direitos, intolerância e violência, especialmente no que se refere aos povos historicamente invisibilizados pelas políticas públicas e às defensoras e defensores de direitos humanos.

Momento cultural da etnia Kaingang durante visita da Missão Ecumênica em Solidariedade aos Povos Indígenas Kaingang e Guarani do RS (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

Na visita à comunidade Carazinho o cacique Luís Salvador esteve presente. Segundo ele foi muito importante falar sobre o povo que luta pela vida. “O índio não está defendendo só a terra, ele está defendendo o corpo humano. [Constituição de] 88 garantiu espaço dos povos indígenas, a saúde, educação, tudo”, comenta. Luís Salvador ainda destaca que foi muito importante os indígenas esclarecerem para a sociedade a importância da vida.

Cacique Luís Salvador na visita à comunidade Carazinho em 2017 (Foto: Roberto Liebgott/CIMI)

No Fórum Social Mundial Luís Salvador irá representar os povos indígenas da região sul do Brasil em uma mesa falando sobre a importância da missão realizada para as comunidades indígenas. O cacique defende que o Fórum será importante pois irá defender a vida social do povo brasileiro. “Seja do índio, seja do povo sofrido, seja dos ribeirinhos, seja daqueles que lutam pela vida. Tem que defender a vida daqueles que ainda estão dentro dessa mata que nós temos, principalmente da Amazônia Legal. Defender essa vida é defender a vida humana de toda a população brasileira”, ressalta Luís Salvador.

Seguimos acompanhando a participação do Cacique no Fórum. Mais informações você acompanha aqui no Portal Desacato.

Escute a entrevista completa de Luís Salvador no programa Vida em Resistência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.