Blumenau: desastre de 2008

Publicado em: 25/11/2010 às 10:04
Blumenau: desastre de 2008


Por Heriberto Eliziario Bailer.

Exatos dois anos depois do desastre de 2008 aqui em Bumenau-SC, 96 familias entraram em seus novos apartamentos e outras tantas devem receber em breve seus apartamentos também o que não vai passar muito de 2.000 apartamentos.

Perguntas ainda ficam sem respostas:

1- Por que as famílias do MAD não foram incluídas? sabendo que elas não gastaram nada dos cofres públicos até hoje?
2 – Por que só 2.000 e poucas famílias vão ser atendidas e como ficam os saldos das 9.257 famílias atingidas pelo desastre?
3 – Por que o governo federal insiste em liberar apartamentos para as pessoas?
4 – Por que lá em Brasília não tem engenheiro para projetar uma moradia digna para o povo Brasileiro e financiar no projeto minha casa e minha vida?
5 – Por que o FGTS não pode ser liberado totalmente a cada dois anos para os trabalhadores?
6 – Por que as famílias não têm acesso fácil, a crédito sem precisar acessar o projeto minha casa minha vida?
7 – Por que o governo não consegue dar acesso as famílias que estão em situação de risco?

São vários porquês, e com certeza após o êxtase das eleições os políticos ainda estão se fartando nos banquetes da conquista, acho que nem lembram, que tem pessoas sofrendo ainda.
Nós voluntários comunitários, estamos vendo o dinheiro ir embora e resultados em obras são poucos.
Nós lideres comunitários estamos percebendo que toda a estrutura do poder publico neste momento está mais preocupada com o fim de ano, a ponto que dizer que este ano já foi e agora só para o próximo ano farão novas enrolações, por que é o que continuam fazendo “enrolando”.
É lamentável que não ha uma política para os menores, para os bairros, para os verdadeiros problemas.

Deixe uma resposta