Blogueira de SC é agredida e denuncia em vídeo. “Esse homem roubou a minha paz”

Publicado em: 28/08/2017 às 17:16
Foto: Captura de tela do YouTube

Mais uma mulher é vítima de violência doméstica no Brasil. No último domingo (20), a blogueira Mariana de Moraes, publicou um vídeo denunciando o ex-namorado, Murilo Bonato Collaço. A jovem de 27 anos mostrou hematomas nos braços e no tórax, resultado de dois ataques sofridos na segunda-feira (14) e na sexta-feira (18), em Florianópolis.

Durante o vídeo – que soma mais de 44 mil visualizações – Mariana mostrou o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpacmi). Segundo a blogueira, não foi emitida nenhuma medida protetiva. Paulo Caixeta, delegado da unidade, afirmou ao G1 que foi feito o registro da ocorrência, no sábado, mas que nesta segunda-feira foi prestado o atendimento. Disse ainda que “será instaurado inquérito policial”, sem informar mais detalhes sobre o caso.

A blogueira descreveu autor das agressões como “um homem trabalha com eventos automobilísticos”, com quem ela manteve um breve relacionamento. A primeira agressão aconteceu na segunda da semana passada, no lugar onde ela estuda. “Ele foi até a minha universidade, me jogou contra o meu carro. Me arrastou e falou que eu não iriVisualizar (abre em nova janela)a ter paz”, denunciou.

Já na sexta, Mariana conta que o agressor invadiu seu apartamento. Para chegar até a unidade, ele teria falado para o porteiro que ‘iria levar um casaco’ que carregava nos braços para a moça. Enquanto subia no elevador, vestiu a blusa – ato registrado nas câmeras de segurança. Esta atitude fez o porteiro do condomínio desconfiar da ação e foi o próprio funcionário que que, posteriormente, tirou o homem do apartamento.

“Ele bateu a porta na minha mãe (que estava visitando Mariana), machucou a minha mãe. Entrou, foi atrás de mim. Eu tava no quarto. Ele gritava pelo meu nome. Quando ele chegou na sala ele me pegou pelo braço, repetiu que eu não ia ter paz. Que ele não ia me deixar em paz”, relatou no vídeo. Contou ainda que o homem bateu em sua cabeça, a empurrou e a deixou no chão.

Mariana disse que está com medo e se mudará para a terra natal, no Paraná. “É inadmissível que a gente tenha que mudar o rumo das nossas vidas porque tem uma pessoa solta que está ameaçando a nossa própria vida”, desabafou.

Blogueira ainda ressaltou a importância de mulheres denunciarem agressões. “É um número muito alto para a gente deixar como está. Eu assumo um compromisso com você e comigo. Porque a gente não imagina que pode acontecer conosco, mas quando acontece a revolta é ainda maior”, finalizou.

 

*Com informações do G1
Fonte: Revista Forum.

Deixe uma resposta