A cabeça de Gumercindo Saraiva em exibição no shopping Iguatemi

Uma das locações do longa do diretor Tabajara Ruas, que vive entre Porto Alegre e Florianópolis, foi nos cânions que dividem o Rio Grande do Sul de Santa Catarina. Local foi palco de sangrentas batalhas na Revolução Federalista, entre 1893 e 1895.

Foto: Divulgação.

Elogiado pela crítica nacional desde sua estreia em 25 de outubro, está sendo exibido de 8 a 14 de novembro  às 14h05 e às 18h45, no Cinesystem do shopping Iguatemi de Florianópolis, o filme A Cabeça de Gumercindo Saraiva.  É uma ficção baseada no livro Gumercindo, de Tabajara Ruas, que é o diretor e roteirista do longa-metragem. Gumercindo Saraiva foi um caudilho revolucionário dos Maragatos, que teve a cabeça cortada pelos legalistas durante a Revolução Federalista, uma revolta que manchou de sangue os campos do Sul do Brasil entre 1893 e 1895.

O longa conta a saga do capitão rebelde Francisco Saraiva, filho de Gumercindo, interpretado por Leonardo Machado , e cinco cavaleiros para resgatar a cabeça do pai, levada à Porto Alegre pelo major Ramiro de Oliveira (Murilo Rosa) e dois ajudantes.  No elenco também se destacam Marcos Pitombo, Allan Souza Lima,  Marcos Verza e Sirmar Antunes.

Com belas locações, ótima fotografia e requintada produção de época o longa, filmado nos cânions da divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Catedral Missioneira de São Miguel Arcanjo – único patrimônio cultural da humanidade declarado pela UNESCO na Região Sul e nos Campos de Cima da Serra, narra os episódios de aproximação e afastamento entre perseguidores e perseguidos, os confrontos e desafios e os duelos até o encontro final entre Francisco e Ramiro.

Num ritmo ágil, Tabajara faz um faroeste à brasileira de uma história que não deve ser esquecida. “O filme propõe a oportunidade de assistir a dois grupos de homens mergulhados profundamente em suas crenças, esquecendo sua condição humana”, diz o diretor.  “Acredito que o longa seja uma importante porta para o cinema brasileiro – que precisa de diversidade, e aponta um caminho diferente: a realização de filmes que contem um pouco da nossa história, sem medo de fazer o nosso faroeste”, afirma Murilo Rosa. “É um filme histórico. É um filme político. E é um filme humanista. Útil de ver nestes dias assombrados pela intolerância”, finaliza Tabajara Ruas.

Ficha Técnica

Roteiro e Direção: Tabajara  Ruas

Produção Executiva: Ligia Walper

Direção de Produção: Mônica Catalane Fotografia: Alexandre Berra

Arte: Eduardo Antunes

Figurino: Carol Scortegagna

Make: Rosana Antunes

Make Efeitos: Johnny Left

Som: Gabriela Bervian

Trilha Sonora: Celau Moreyra

Montagem: Lucas Tergolina e Ligia Walper

Casting: Dani Fogliatto

Elenco: Murilo Rosa, Leonardo Machado, Marcos Pitombo, Allan Souza Lima, Sirmar Antunes, Marcos Verza, Pedro de Oliveira, Luciano Teixeira, Rodrigo Ruas, Marcos Breda e Rogério Beretta

Produção: Walper Ruas Produções

Distribuição: Elo Company

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.