11 de maio: magistério catarinense pára!

Publicado em: 07/05/2011 às 21:52
11 de maio: magistério catarinense pára!

Tomado de AGECON.  Dia 11 de maio: magistério vai parar

Carta aberta à comunidade escolar catarinense:

Em 6 de abril deste ano, o Supremo Tribunal Federal julgou legal o Piso Nacional do magistério.Os trabalhadores e trabalhadoras em Educação do Estado de Santa Catarina, recebem um dos piores salários do país (R$ 609,00) e têm uma exaustiva jornada de trabalho. O Piso Salarial, garantido por lei, é de R$ 1.597,87 para um professor no início de carreira e com formação no magistério.

O cumprimento da Lei vai garantir profissionais mais valorizados e a contratação de mais trabalhadores em Educação, melhorando, assim, a qualidade das escolas. Todos trabalhadores, estudantes, pais de estudantes e comunidade escolar em geral, sentimos no início deste ano os problemas com a falta de profissionais nas escolas para atender as crianças e os adolescentes.

Mesmo assim, o Governo catarinense não deu sinal de que irá cumprir a Lei, e, também, ainda não informou aos trabalhadores e trabalhadora da educação e nem ao SINTE/SC sua real intenção em relação o Piso Nacional do Magistério.

O Governo Colombo enrola os trabalhadores e trabalhadora da Educação e empurra com a barriga a aplicação da Lei, mesmo tendo perdido no Supremo uma ação contra o Piso. Diante do descaso de Colombo e do secretário da Educação com os trabalhadores e trabalhadora das escolas, chamamos os pais e a comunidade escolar para se manifestarem e apoiarem a luta dos profissionais da Educação.

Participe da luta!

Ajude os profissionais da Educação a construírem uma escola pública de qualidade em Santa Catarina!

http://is.gd/u7QxJy

 

Deixe uma resposta