Vítima de atentado contra acampamento Lula Livre corre risco de morte

Foto: André Cardoso Silva, para Desacato. info.

A ação criminosa deixou duas pessoas feridas, uma delas está hospitalizada em estado grave. Jeferson Lima de Menezes, de São Paulo, está passando por cirurgia e seu estado é grave.

Ainda de acordo com o setor de assistência social do hospital onde ele está internado, Jefferson estava no Pronto Socorro aguardando vaga para a UTI.

A informação é da presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), que por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, denunciou que mais de 20 tiros foram disparados contra o acampamento.

Ela afirma que a escalada fascista tem gerado uma séries de episódios de violência decorrentes de campanha de ódio aos movimentos sociais. Ela citou como exemplo o assassinato de Marielle Franco, tiros contra a caravana de Lula no Sul e as agressões aos manifestantes pela polícia no dia da chegada de Lula a Curitiba. “Todas situações impunes”, advertiu.

1 COMENTÁRIO

  1. O governo do estado do Paraná para limpar suas mãos sujas do sangue desses militantes tem que apurar o atentado e punir quem atirou. E a PM e seus comandantes também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.