Vereadores de Maravilha/SC, aprovam projetos contra os trabalhadores e trabalhadoras

Foto: Sindicato Dos Municipários de Chapecó e Região.

Maravilha – Mesmo sob protesto dos servidores que acompanharam a sessão na Câmara de Vereadores de Maravilha, os vereadores aprovaram dois projetos devastadores, que tiram direitos dos servidores, conquistados ao longo dos anos.

Trata-se dos projetos número 15 e 16 que reduz os percentuais de Gratificação por Estudo de Graduação, Pós – Graduação, Mestrado e Doutorado dos Servidores e Professores.
Os servidores com graduação que recebiam 40% de gratificação receberão 10%; os servidores com pós-graduação de 40% receberão 5%; os servidores com mestrado de 40% receberão 6% e os servidores com doutorado que recebiam 40% de gratificação receberão apenas 7%.

Os professores com graduação/licenciatura que recebiam 40% receberão 10%, os professores com pós-graduação de 60% receberão 15%, os professores com mestrado de 80% receberão 21% e os professores com doutorado que recebiam 100% receberão 28%.

Fotos: Sindicato Dos Municipários de Chapecó e Região.
Fotos: Sindicato Dos Municipários de Chapecó e Região.
Fotos: Sindicato Dos Municipários de Chapecó e Região.
Fotos: Sindicato Dos Municipários de Chapecó e Região.

Conheça os vereadores que se declararam inimigos dos servidores e professores do município de Maravilha votando pela diminuição das remunerações dos trabalhadores:

Celso Ledur (PSB)

Ivo Badia (MDB)

Gilmar Castanha (MDB)

Cleber Pertussatti (MDB)

Itamar Adler (PSD)

Jandri Primon (PP)

Marclei Grando (MDB)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.