Vereador de Fraiburgo acusa Jornal Caboclo de publicar “inverdades”; editor responde

Publicado em: 04/07/2017 às 15:27
Vereador de Fraiburgo acusa Jornal Caboclo de publicar “inverdades”; editor responde

O vereador Altamir Lucio da Silva (PSD) usou parte de seu tempo dedicado à Palavra Livre, após a chamada Ordem do dia da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Fraiburgo de 3 de julho de 2017 para fazer um questionamento público ao Jornal Caboclo.

O vereador Altamir Lucio da Silva se disse “indignado” com a citação de seu nome ou de uma fala sua na crônica “Prefeitura de Fraiburgo é alvo de crítica de vereadores – sobre um parque infantil” (clique aqui para ler), publicada no Jornal Caboclo no dia 28 de junho de 2017.

O texto citado tem a assinatura nominal do editor do Jornal Caboclo e trata especificamente sobre a Indicação nº 140/2017, de autoria do vereador Angelo Rodrigues (PEN) e subscrita pelo vereador Adelar Ribeiro da Silva (PSDB). Em outras palavras, a citada Indicação é tema central da crônica “Prefeitura de Fraiburgo é alvo de crítica de vereadores – sobre um parque infantil”.

Com base na repercussão da crônica citada, o vereador Altamir Lucio da Silva acusa o Jornal Caboclo ou a pessoa de seu editor de ter publicado “inverdades” sobre o seguinte trecho de crônica:

O vereador Angelo deixa a posição de tribuna, para dar espaço a Altamir Lucio da Silva, conhecido nas sessões como defensor do Maio Amarelo, o mês de conscientização do trânsito. ‘Que todas as comunidades sigam o exemplo [dos moradores do Nossa Senhora Aparecida]’, o vereador resumiu. Ou melhor, o vereador Altamir, também citado como Sargento Altamir, ainda expressou: ‘Se o município não tem em seus cofres fundos, cabe à comunidade fazer’. Sem dúvida alguma, o vereador disse isso mesmo. Anotei.

Está transcrita a passagem de citação e única menção feita ao vereador que acusa o Jornal Caboclo ou a pessoa de seu editor de publicar “inverdades” no texto de crônica analisado.

Os questionamentos específicos do vereador Altamir Lucio da Silva

O vereador Altamir Lucio da Silva disse, na sessão do dia 3 de julho de 2017, que ele não quis dizer na sessão do dia 26 de junho de 2017 que os moradores do bairro Nossa Senhora Aparecida fizessem o parque infantil reformado sem a ajuda do poder público local.

O vereador Altamir Lucio da Silva disse, na sessão do dia 3 de julho de 2017, que “eu [vereador Altamir] disse [sobre a sessão de 26 de junho de 2017] que eu posso ou poderia fazer [como um exemplo de gesto que o vereador indicou defender]” e não que a comunidade do bairro Nossa Senhora Aparecida tivesse que fazer.

O vereador Altamir Lucio da Silva disse, na sessão do dia 3 de julho de 2017, que “O nosso sonho é que a reforma do parque saísse do papel”, acrescentou ele alternando falas de que o jornal teria publicado “inverdades” com expressões em que se referia a si como “indignado com o Jornal Caboclo”.

Resposta do editor do Jornal Caboclo ao vereador Altamir

  1. No exercício legal e constitucional da profissão jornalística, o editor do Jornal Caboclo, jornalista formado em Universidade Pública Estadual, profissional da comunicação e a dois meses de defender uma tese de doutorado em História da Literatura em Universidade Pública Federal, destaca publicamente que contesta ou diz não concordar com a expressão “inverdades” usada pelo vereador Altamir Lucio da Silva na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Fraiburgo, na data de 3 de julho de 2017.
  2. O editor do Jornal Caboclo esclarece ao vereador Altamir Lucio da Silva e expõe ou reforça aos leitores do Jornal Caboclo que se ampara em áudios gravados durante as sessões de vereadores, áudios que são de acesso e de domínio público; o editor do Jornal Caboclo esclarece ao vereador Altamir Lucio da Silva e expõe ou reforça aos leitores do Jornal Caboclo que se ampara na observância dos fatos reproduzidos por falas públicas de vereadores e busca reportar precisamente o que cada vereador diz em cada sessão legislativa acompanhada de corpo presente.
  3. O editor do Jornal Caboclo esclarece ao vereador Altamir Lucio da Silva que o espaço no Jornal Caboclo, editado na plataforma digital, está e estará aberto para qualquer reconsideração sobre relatos produzidos e publicados em sua página, algo que se aplica não apenas ao vereador Altamir Lucio da Silva, mas a todas às pessoas citadas em publicações do jornal.
  4. O editor do Jornal Caboclo esclarece ainda aos seus leitores, que procurou o vereador Altamir Lucio da Silva ao final da sessão ordinária de 3 de julho de 2017 para comunicá-lo e adiantou a ele que iria, sendo citado em fala de sessão, publicar de modo respeitoso uma nota sobre o tema. Na oportunidade, o editor do Jornal Caboclo deixou um cartão de contato do Jornal Caboclo ao vereador Altamir Lucio da Silva para qualquer necessidade de correção e ou de reconsideração por escrito a respeito de qualquer citação do vereador, inclusive com base nesta nota explicativa.
  5. Por último, o editor do Jornal Caboclo expressa ou reforça publicamente: o compromisso do Jornal Caboclo com a notícia e com a busca da veracidade dos fatos tornados produtos de jornal; o compromisso do Jornal Caboclo com a liberdade de imprensa, com a livre manifestação artística e verbal; o compromisso do Jornal Caboclo com a desejada transmissão de qualidade de conteúdo, sobretudo com respeito à inteligência dos leitores.

Fonte: Jornal Caboclo.

Fonte da Foto: Alex Cordeiro.

Deixe uma resposta