Vaza Jato: Doleiro diz que lavou dinheiro para o SBT e empresas de Silvio Santos

Em delação premiada, firmada em 2017 e homologada pela Justiça, que segue sob sigilo, o doleiro Adir Assad relata um esquema do qual fez parte para lavar milhões de reais para empresas do grupo Silvio Santos.

Foto: Secom/Palácio do Planalto

Em delação premiada, firmada em 2017 e homologada pela Justiça, que segue sob sigilo, o doleiro Adir Assad relata um esquema do qual fez parte para lavar milhões de reais para empresas do grupo Silvio Santos. As informações foram reveladas nesta quinta-feira (29) pela Folha de S.Paulo, em parceria com o site The Intercept, na série sobre a Vaza Jato.

Segundo a reportagem, a delação de Assad circulou em grupos de Telegram de procuradores da Lava Jato. No documento, o doleiro diz que lavou dinheiro para empresas de Silvio Santos – um dos principais beneficiários das verbas publicitárias do governo Jair Bolsonaro – em, ao menos, duas ocasiões.

O primeiro esquema aconteceu no fim dos anos 1990, quando Assad montou um “caixa paralelo” para o empresário para remunerar bônus a executivos ou pagar propina no setor público.

O esquema envolvia contratos superfaturados de patrocínio entre suas empresas e pilotos da Fórmula Indy e da categoria Indy Lights. Na ocasião, seu contato era com com Guilherme Stoliar, que hoje é presidente do Grupo Silvio Santos. A operação, estimou ele, movimentou R$ 10 milhões naquele período.

Anos 2000
Em meados dos anos 2000, Assad diz ter feito contratos de imagem e de patrocínio na Fórmula Truck, transferindo aos pilotos uma pequena parte dos valores contratados e devolvia ao SBT o restante do dinheiro.

A Liderança Capitalização, empresa responsável pela Tele Sena, pagou ao menos R$ 19 milhões para uma das firmas do operador, a Rock Star, de 2006 a 2011, diz documento elaborado na delação.

As acusações estão na delação final do doleiro, firmada em 2017 e homologada pela Justiça, mas detalhes e a investigação do caso – que seria enviado à Justiça Federal em São Paulo – permanecem em sigilo até hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.