UNE celebra 80 anos com congresso nacional em BH e defesa das Diretas Já

2017-06-14 14:28
Em Belo Horizonte, UNE revive época da redemocratização e defende eleições diretas para substituir Temer (Foto: Carina Vitral)
Em Belo Horizonte, UNE revive época da redemocratização e defende eleições diretas para substituir Temer (Foto: Carina Vitral)

A previsão é que cerca de 10 mil jovens de todo o país e também do exterior compareçam à capital mineira para discutir os rumos da entidade estudantil e da democracia no Brasil

Começa nesta quarta-feira (14) em Belo Horizonte o 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes, o maior encontro estudantil da América Latina. “É quando os estudantes se reúnem para discutir os rumos da UNE, do Brasil e nesse momento conturbado do país a UNE volta na sua história e defende as eleições diretas para presidente, uma bandeira que defendemos na época da redemocratização e no combate à ditadura militar”, declarou Carina Vitral, presidenta da entidade ao Portal BHAZ.

A previsão da entidade é que dez mil jovens, de todos os 27 estados e do exterior, ocupem a capital mineira. O 55º Congresso vai eleger a nova diretoria da entidade assim como estabelecer os rumos do movimento estudantil no próximo período. Um ato em defesa das eleições diretas para presidente está programado para acontecer na praça da Estação. Dezenas de artistas mineiros confirmaram presença.

Estão programados mais de 50 debates até o dia 18 de junho com mais de 100 debatedores que se debruçarão sobre temas ligados à política e juventude. Entre os palestrantes estão o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), a deputada estadual pelo Rio Grande do Sul Manuela d’Ávila (PCdoB), o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), a deputada federal de Pernambuco Luciana Santos, a senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffman (PR), o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, e o senador pelo Rio de Janeiro Lindbergh Farias (PT).

Para se inscrever no 55º Congresso, clique AQUI. Confira a Programação 

Abertura

O documentário “Praia do Flamengo 132” – que narra acontecimentos históricos envolvendo o endereço mais famoso da sede da UNE, no Rio de Janeiro – será lançado no ato de abertura oficial do 55º Congresso da UNE, em exibição gratuita no Cine Belas Artes, em Belo Horizonte.

“Praia do Flamengo 132” mostra documentos, fragmentos de vídeos, fotos, e entrevistas de figuras que fizeram parte de algum período histórico da entidade naquele endereço. “A história do Brasil passou por aquela sede”, destacou o diretor do documentário, Vandré Fernandes, “desde o início, quando os estudantes ocupam o Clube Germânia pressionando para que o governo de Getúlio assuma o lado dos aliados”, explicou.

Ele fala do ano de 1942, em meio aos acontecimentos da Segunda Guerra Mundial. No mesmo ano, o presidente Getúlio Vargas formalizou a doação do imóvel para a entidade e assumiu posição no conflito mundial contra o nazifascismo.

“Mas nem só de política fala o documentário, afinal grande parte da cultura do país passou por aquela sede mesmo antes do Centro Popular de Cultura da UNE”, destacou Fernandes.

Ele conta que os primeiros ensaios do balé do Teatro Municipal do Rio de Janeiro eram feitos na sede e também um dos primeiros ensaios do Teatro Experimental do Negro, em 1943, que tinha entre seus integrantes o ator Grande Otelo.

Assista a entrevista na íntegra de Carina ao portal mineiro BHAZ:

Fonte: Rede Brasil Atual.

Deixe uma resposta