TSE proíbe propaganda em que Haddad afirma que é vice de Lula

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN – O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu na terça (4) barrar uma propaganda eleitoral do PT em que Fernando Haddad aparece dizendo que é o vice de Lula. Segundo relatos do UOL, o magistrado alegou que a peça confunde o eleitor e determinou multa de R$ 500 mil, caso o partido descumpra a ordem para suspender a veiculação.

Na inserção questionada pelo Partido Novo, Haddad diz: “Rapaz, eu fui ministro do Lula no melhor momento da história do País. Agora eu tenho muito orgulho de ser vice-presidente do Lula”.
Segundo sustentou Horbach, em outra decisão sobre a propaganda do PT, é “inegável que a utilização de espaço de propaganda oficial, custeado pelo contribuinte, para divulgação de candidatura que não masi existe tem a potencialidade de congundir  eleitor, criando, artificialmente, estados mentais e emocionais equivocados.”
Esta seria a quarta derrota do PT no TSE por conta de questionamentos a programas eleitorais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.