Temer vai dar verba a jornal que defender a reforma da Previdência

2017-04-13 11:28

O governo Michel Temer decidiu adotar uma “ofensiva” para garantir apoio à reforma da Previdência, oferecendo verbas federais de publicidade a rádios e TVs, principalmente, que decidirem abordar o assunto sob um “ponto de vista positivo”.

OxDoPoema

 

 

Segundo informações do Estadão, o governo anunciou que tem um orçamento de R$ 180 milhões para gastar em propaganda com meios de comunicação que aderirem à reforma, e esse valor não inclui outras campanhas de utilidade pública.
Os recursos não comprarão espaço publicitário, mas a opinião de articulistas, apresentadores e repórteres que puderem explicar a reforma com o ângulo que interessa apenas ao governo.
Quem vai definir quais veículos merecem as verbas de publicidade são os deputados. Ou seja, além de emendas parlamentares e cargos públicos, Temer ofereceu ao Congresso uma “bolsa mídia” para ajudar na aprovação da reforma.
Isso ocorre porque Temer não tem os votos necessários à aprovação da nova previdência, já que os deputados estão preocupados com a repercussão negativa que a votação pode trazer em ano eleitoral.
“Os responsáveis pela indicação da mídia que receberá a verba são justamente deputados e senadores. De olho na eleição de 2018, os parlamentares sabem que, ao conseguir esses recursos, ganham espaço para aparecer. O combinado é que, com o agrado do governo, votem a favor de mudanças na aposentadoria”, diz o Estadão.
Ainda de acordo com o jornal, o plano foi ideia do secretário-geral da Presidência, Moreira Franco.


Fonte: Jornal GGN

Deixe uma resposta