Temer manda apagar Dilma da galeria de Presidentes da República

10

Fica a questão: que governo é este que apaga a história de seu país e de sua democracia?

O presidente ilegítimo de Michel Temer está apagando parte da história brasileira. No Portal do Palácio do Planalto, de responsabilidade da Presidência da República, a galeria de ex-presidentes apagou a foto da Presidenta Dilma Rousseff, eleita democraticamente nas eleições de 2010 e de 2014.

A galeria dos ex-presidentes da República se encontra na área denominada Biblioteca do Portal do Planalto e registra desde Deodoro da Fonseca, que foi o primeiro presidente do Brasil, entre 1889 e 1891 – até o Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpriu mandato como presidente entre 2003 e 2010. Deletaram Dilma Rousseff.

Com uma prática que lembra o regime Stalinista – em que Josef Stalin subiu ao poder no Partido Comunista da União Soviética e iniciou a eliminação de seus inimigos com perseguições, prisões e apagando figuras importantes de registros históricos – Temer, infelizmente, adota uma postura não-republicana, antidemocrática, e pode-se dizer, até criminosa em relação à memória do país.

Fica a questão: que governo é este que apaga a história de seu país e de sua democracia?

Você precisa estar logado para postar um comentário Login