Nosso desconhecimento e as duras lições da história

Nosso desconhecimento e as duras lições da história

Por José Álvaro de Lima Cardoso.*        O golpe de Estado no Brasil deve ser entendido no contexto do cerco que os governos populares da América Latina sofrem há alguns anos, vindo do Império do Norte, em função das fontes de matérias primas essenciais, e também por razões geopolíticas. Sem obter sucesso pela via […]

O cerco de fogo em torno da Venezuela é por petróleo

O cerco de fogo em torno da Venezuela é por petróleo

Por José Álvaro de Lima Cardoso.*      As turbulências políticas da Venezuela, país que enfrenta verdadeiro cerco de fogo liderado pelos EUA, têm raízes na situação econômica, que é permanentemente sabotada. O imperialismo precisa promover o desgaste do governo, para atingir seu objetivo principal que é se apropriar do petróleo da Venezuela. Mas não é […]

Adesões: Frente às ameaças de Trump, o continente inteiro é Venezuela

Adesões: Frente às ameaças de Trump, o continente inteiro é Venezuela

Derrotados en las urnas por la aplastante masa de más de 8 millones de votos que aprobaron y pusieron en marcha la esperada Asamblea Nacional Constituyente, pero también expulsados de las calles donde daban rienda suelta a sus acciones fascistas, la oposición local e internacional se ve en la obligación de apelar al último gran […]

A CIA e a contra-revolução na Venezuela

A CIA e a contra-revolução na Venezuela

Por Atilio Borón. A sociedade capitalista tem como um dos seus traços principais a opacidade. Se nos antigos modos de produção pré-capitalistas a opressão e a exploração dos povos saltava à vista e adquiria inclusive uma expressão formal e institucional com hierarquias e poderes, no capitalismo prevalece a obscuridade e, com ela, o desconcerto e […]

Como resistir à doutrina do choque de Donald Trump

Como resistir à doutrina do choque de Donald Trump

Por Naomi Klein. “CHOQUE”. ESSA PALAVRA tem aparecido muito no noticiário desde novembro – por motivos óbvios. Estudei a questão do choque durante muito tempo. Dez anos atrás, publiquei o livro A Doutrina do Choque, uma análise do fenômeno ao longo de quatro décadas: de 1970, com o golpe de Pinochet no Chile – apoiado […]

A realidade é dura e perigosa. Mas medo não pode haver

A realidade é dura e perigosa. Mas medo não pode haver

Por José Álvaro de Lima Cardoso, economista.     Dos três grupos básicos de interesses (políticos corruptos, os super ricos e o imperialismo norte-americano) na operação do golpe no Brasil, o capital internacional, principalmente o norte-americano, é disparado, a força predominante. Não foram os ineptos procuradores golpistas, ou um juiz medíocre de primeira instância – ambos […]

É preciso abrir um novo ciclo revolucionário na América Latina, diz pensador cubano

É preciso abrir um novo ciclo revolucionário na América Latina, diz pensador cubano

Por Igor Fuser, El Salvador. Se alguém acha que uma nova rodada eleitoral pode ser suficiente para reverter as sucessivas derrotas e a atual crise da esquerda na América Latina, pode tirar o cavalo da chuva. As forças da direita, aliadas ao imperialismo estadunidense, simplesmente não estão dispostas a aceitar a alternância no governo. Seu […]

100 dias de Trump e o imperialismo espectáculo

100 dias de Trump e o imperialismo espectáculo

Por João Camargo. No início de Novembro de 2016, Donald Trump foi eleito presidente dos EUA, com uma derrota no voto popular de quase 3 milhões de votos (Hillary Clinton obteve a nível nacional 65,8 milhões de votos, enquanto Trump obteve apenas 62,9 milhões), que não foi suficiente para impedir a sua vitória no Colégio […]

OEA: Notas para uma história de infâmia

A OEA nasceu maldita, em meio ao sangrento massacre do povo de Bogotá, que chorava lágrimas de sangue por seu líder nato e mais amado, Jorge Eliecer Gaitán, covardemente assassinado.

OEA: Notas para uma história de infâmia

Por Yldefonso Finol. A Organização chegou a ser, na metade do século 20, o triunfo da sabotagem santanderista[1] ao Congresso Anfictiónico do Panamá, proposto pelo Libertador Simón Bolívar, e a consumação da Doutrina Monroe de um continente americano para os Estados Unidos. A única coisa que a OEA provocou e valeu a pena, foi o […]

Jornalismo degradado e degradante

Jornalismo degradado e degradante

Houve um tempo em que a distinção entre fatos e opiniões era uma prática bem estabelecida no jornalismo, assim como a distinção entre a mentira e a verdade. Hoje isso não é mais assim e os próprios jornalistas que trabalham nos veículos corporativos são, em grande medida, responsáveis por esta degradação. Consciente ou inconscientemente, a […]