Suspensão da Venezuela na OEA: está sendo preparada a invasão contra o País

Washington EUA 05 06 2018 Segundo dia de encontro de líderes na assembleia geral da OEA/OAS em Washington Juan Manuel Herrera/OEA

Na segunda-feira (4), começou a assembleia ?anual da OEA (Organização dos Estados Americanos). Nela, ficou colocada a suspensão da Venezuela da organização. A manobra está sendo levada adiante pela direita imperialista que quer promover um golpe no país.

A alegação seria de que o presidente do país, o operário Nicolás Maduro, desrespeita a Carta Democrática Interamericana e que as últimas eleições realizadas, em que Maduro ganhou com quase 70% dos votos, seria ilegítima. Isto é, estão acusando Maduro de ser anti-democrático.
Diante das sucessivas derrotas do imperialismo no país, por conta do amplo apoio popular da Maduro, a direita golpista agora está procurando criar o clima para uma invasão militar da Venezuela. Os ataques dentro da OEA são um reflexo disso, e da tensão que foi criada entre o país e o imperialismo.

Países que sofreram golpes, que detém um governo aliado aos monopólios estrangeiros, participam do ataque contra a Venezuela. Chega ser risível que um magnata feito o vampiro Michel Temer, denuncie um país por falta de democracia, sendo que ele mesmo é presidente de um país sem ter sido votado, e ainda é extremamente odiado por todos os setores da população.
Quem chefia a delegação brasileira na OEA é Aloisio Nunes, que votou à favor da deposição de uma Presidente eleita por 54 milhão de eleitores, e faz parte do partido golpista PSDB. Isso revela ainda mais o cinismo da direita, que ataca uma presidente eleito e amplamente apoiado pela população por sua suposta falta de democracia, sendo a própria direita a principal força anti-democrática do mundo.
Os outros países que apoiam a suspensão também são aliados ao imperialismo norte-americano.
Além das tradicionais “colônias” estadunidenses, Canadá e México, o Peru, a Argentina e o Chile – todos países em que o imperialismo assumiu de maneira fraudulenta – são a favor. Dessa forma, fica explícito para que serve a OEA: atacar os países que não se alinham com a política do imperialismo. Assim, é preciso denunciar essa manobra e a própria OEA.

Documento secreto dos EUA revela “Golpe de Mestre” já em curso contra Venezuela

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.