Suspeitos de assassinar Marielle são transferidos para prisão em Rondônia

Foto da página oficial de Marielle Franco no Facebook.

Ronnie Lessa, sargento reformado da Polícia Militar, e Élcio de Queiroz, ex-PM, foram transferidos para uma prisão federal em Porto Velho, Rondônia, em uma operação secreta no último dia 26. Eles são acusados de assassinar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, no dia 14 de março de 2018.

Ambos estavam detidos em uma prisão federal em Mossoró, Rio Grande do Norte. A transferência foi realizada pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) em sigilo, por motivo de segurança.

Esta foi a segunda vez que os dois são transferidos de prisão, pois foram detidos inicialmente no Rio de Janeiro. Eles respondem, ainda, pela posse de 117 fuzis incompletos apreendidos na casa de um amigo de Lessa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.