“Spollium – As Irmãs Siamesas”

Publicado em: 06/04/2014 às 20:09
“Spollium – As Irmãs Siamesas”

Spollium Foto Cristiano Prim 1 2

Trama das relações familiares

 Nova montagem do Dromedário Loquaz, é atração no Teatro da UFSC

O Edital Elisabete Anderle 2013 – Categoria Teatro, mecanismo de estímulo à produção cultural da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, viabiliza “Spollium – As Irmãs Siamesas”, a nova montagem do Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz.  Sob a direção de Sulanger Bavaresco, as atrizes Giovana Rutkoski e Regina Prates interpretam Marta e Maria. O espetáculo que revela particularidades da alma feminina e das relações familiares segue em cartaz nos dias 11, 12, e 13 de abril, 20h, no Teatro da Universidade Federal de Santa Catarina pelo projeto Cena Aberta. Nos dias 16,17,18 e 19 de abril, 21h, a peça ganha o palco do Teatro Álvaro de Carvalho.

O texto da peça é de José Rubens Siqueira, dramaturgo e diretor teatral que escreveu “As Irmãs Siamesas” em 1986. Profissional há mais de 40 anos, ele é premiado e reconhecido. Além de mais de uma dezena de espetáculos teatrais, também dirigiu filmes de curta e longa-metragens e participou de festivais de cinema internacionais.

Spollium Foto Cristiano Prim 8Em “Spollium” duas atrizes no papel das irmãs Marta e Maria, que em reencontro provocado pela morte da mãe, retomam lembranças, rancores, mágoas e acusações em torno de escolhas no passado. Os diálogos permeiam momentos de ternura e delicadeza, outros de raiva e violência, envolvem o público em uma história sensível, que discute o tempo atual a partir de duas personalidades distintas na superficialidade, porém similares no íntimo.  Os perfis de Marta, forte, severa e comovente, dedicada à mãe em uma pequena cidade do interior, e de Maria, urbana, ousada, instintiva e livre, afirmam a atualidade do texto e trazem questões do universo feminino.

O grupo, fundado por Isnard Azevedo (1950-1991), tem 32 anos de existência. Na última década marca suas atividades com trabalhos independentes na área do teatro e da ópera, além de manter parcerias com outros coletivos teatrais, a exemplo do Grupo Armação.

Sulanger Bavaresco, diretora do espetáculo, justifica a escolha de “Spollium” pelo desejo de sedimentar as abordagens temáticas do grupo e valorizar as potencialidades do elenco. “O reencontro de mulheres de perfis opostos estimula discussões que pontuam os impasses do amor fraterno e as dúvidas da mulher contemporânea”, diz ela.

Ambientada na década de 1970, a peça é provocadora ao questionar a imagem idealizada do relacionamento fraterno, a de que irmãos devem sempre estar próximos mesmo que tenham personalidades opostas e competitivas. A direção estimula a técnica de improvisações, um recurso adotado pelo grupo na construção de cenas e de personagens.

A concepção de cenografia e iluminação é intimista e simbólica. O espaço cênico traduz a estagnação do tempo, à espera do reencontro e do ajuste final. O figurino explora as nuances de comportamento das personagens, uma conservadora e a outra moderna. A criação musical, executada em vitrola, é do pianista Eugênio Menegaz a partir de LPs da década de 50. O espetáculo foi contemplado pelo Prêmio Elisabete Anderle 2013 – Categoria Teatro e conta com conta com o apoio da Diretoria de Difusão Artística da Fundação Catarinense de Cultura.

Ficha técnica

Texto

José Rubens Siqueira

Direção

Sulanger Bavaresco

Elenco

Giovana Rutkoski

Regina Prates

Pesquisa musical e preparação vocal

Eugênio Menegaz

Preparação corporal

Cezar Pizetta

Cenografia e figurinos

Sulanger Bavaresco

Iluminação

Marco Ribeiro e Sulanger Bavaresco

Maquiagem

Puka Saraiva

Assistentes técnicos

Renata Haymussi, Cezar Pizetta, Magda Scors e Maria Zelia Goulart

Assessoria de imprensa

Néri Pedroso/Paloma Brum (assistente de comunicação)

Realização

Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz

Produção

5M Técnicas Teatrais

Apoio

Diretoria de Difusão Artística – FCC

Patrocínio

Prêmio Elisabete Anderle 2013 – Categoria Teatro

Funcultural

Fundação Catarinense de Cultura

Governo do Estado de Santa Catarina

Saiba mais:

www.facebook.com/spollium

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Rubens_Siqueira

 Spollium Cartaz 2

Serviço

 O quê: Peça “Spollium – As Irmãs Siamesas” – Projeto Cena Aberta

Quando: 11, 12 e 13 de abril 2014, 20h

Onde: Teatro da UFSC, praça Santos Dumont, 117, bairro Trindade, Florianópolis (SC), tel.: (48) 9971-3128 (produção)/3721-2383 (teatro)

Quanto: R$ 10 / R$ 5 (meia)

O quê: Peça “Spollium – As Irmãs Siamesas”

Quando: 16,17,18 e 19 de abril 2014, 21h

Onde: Teatro Álvaro de Carvalho, Rua Marechal Guilherme, 26, Centro, Florianópolis (S), tel.: (48) 9971-3128 (produção)/3028-8070

Quantos: R$ 10/R$ 5 (meia)

Contatos:

Sulanger Bavaresco (48) 9608-0550

Assessoria de imprensa: NProduções – Néri Pedroso (jorn.) [email protected] Skype: neripedroso Face: Néri Pedroso (48) 9911-9837/3248-4158 Assistente de comunicação: Paloma Brum (48) 9670-9642 [email protected]  skype: pa.brum

Patrocínio

Patrocínio

Deixe uma resposta